Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cristian relembra saída do Corinthians e detona Alessandro: “Não foi homem”

Volante fez história no Corinthians na última década. Por outro lado, ele criticou Alessandro, dirigente do clube alvinegro

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O volante Cristian criticou o ex-lateral-direito e agora dirigente do Corinthians, Alessandro. Durante o programa “Arena SBT” desta segunda-feira (7), o profissional de 37 anos de idade afirmou que o diretor não foi homem no fim de sua passagem pelo clube.

Jadson brinca sobre dívida do Corinthians e revela: “Tentaram manchar a minha história”

“Não tenho nada para falar com ele (Alessandro). Respeito ele como jogador de futebol. Ponto. Como pessoa, não respeito. Comigo, particularmente, não foi homem”, disse Cristian, ao lado de Emerson Sheik e Jadson.

A dupla chegou a jogar juntos após ambos serem contratado em 2009. Cristian deixa claro que o responsável por sua saída do clube em sua segunda passagem foi Alessandro. Na época, o volante foi emprestado ao Grêmio antes de sair definitivamente ao fim do contrato. Ele ainda ressalta que não tem mágoas com o técnico Fábio Carille.

Vencedor da Copa do Brasil e do Paulistão em 2009, o volante foi vendido ao Fenerbahçe, da Turquia. Cristian ainda voltou ao Corinthians em 2015, quando foi campeão do Brasileirão, mas não conseguiu recuperar o bom desempenho por conta de lesões. Hoje ele está no Atibaia, após passar por São Caetano e Juventus.

As melhores notícias de esportes, direto para você