Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Eurocopa: Cristiano Ronaldo faz história e Portugal vence Hungria

Hungria e Portugal abriram o grupo F, o jogo transformou Cristiano Ronaldo no primeiro atleta com 5 Euros disputadas e o maior artilheiro da competição na história

Wagner Moreira
Formado em audiovisual, jornalista e analista de mídia

Crédito: Alex Pantling/Getty Images

A vitória por 3 x 0 foi marcada por dificuldades e recordes.

A atual campeã da UEFA EURO, defende o título com uma das suas melhores gerações, com a experiência de Cristiano Ronaldo e Pepe, somados com talentos que estão no auge em seus clubes, destaque para Ruben Dias, Bruno Fernandes e Bernardo Silva.

A Hungria, jogando em casa, tenta ser a surpresa do grupo, que além de Portugal, ainda conta com França e Alemanha, destaque para Péter Gulácsi, bom goleiro do RB Leipzig.

Budapeste foi a única sede a receber capacidade máxima de torcedores, a Arena Puskás tinha clima de estádio pré-pandemia.

O jogo começou com Portugal dominando as ações, mas até os 15 minutos, apenas Diogo Jota, em chute da entrada da área, havia exigido defesa de Gulácsi.

Um dos problemas para os portugueses foi a escalação conservadora de Fernando Santos, o técnico escalou William Carvalho e Danilo a frente da defesa, os jogadores pouco ajudavam na criação e só eram exigidos na marcação em contra-ataques esporádicos.

Os húngaros demonstravam muita vontade, empurrados pela torcida, tentavam sair para o jogo. Portugal ainda era mais perigosa, mas poucas foram as chances claras.

Aos 42, Cristiano Ronaldo chutou por cima bola cruzada na pequena área por Bruno Fernandes.

2ºtempo

A segunda etapa começou parecida com o primeiro tempo, Sallai e Szalai davam trabalho para os portugueses, Cr7 buscava jogo fora da área, mas Portugal continuava travado no meio.

Rafa Silva entrou aos 25 minutos, porém a Seleção Portuguesa manteve seus dois volantes de contenção, sobrou para Bernardo Silva deixar a equipe.

Na Seleção Húngara, entrou Négo no lugar de Schäfer e o time parecia cada vez mais confiante em sair de trás.

Aos 34, Schön que havia acabado de entrar, cortou Pepe e chutou no canto esquerdo de Rui Patricio, a Arena Puskás foi a loucura, mas o atacante estava impedido, gol anulado.

Renato Sanches e André Silva vieram para mudar o jogo e aos 38, Raphael Guerreiro finalmente marcou para Portugal, depois de jogada de Rafa Silva.

A Hungria teve que sair e o segundo gol não demorou para vir, Cristiano Ronaldo, de pênalti, agora o maior artilheiro da história da Eurocopa.

A jogada do pênalti começou em passe de Renato Sanches e falta em André Silva, os dois gols com participação de quem veio do banco.

Aos 46, de novo ele, o 11º gol na história das Euros, um golaço de Cr7, em jogada com Rafa Silva.

 

Data e horário: 15/06/2021, às 13h (de Brasília)
Local: Ferenc Puskás Stadium, em Budapeste (HUN)
Árbitro: Cüneyt Çakır (TUR)
Assistentes: Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR)

LEIA MAIS

Eurocopa: Espanha fica com a bola, mas só empata com a Suécia

Eurocopa: Inglaterra vence a Croácia em Wembley

Eurocopa: Com recado de Lukaku para Eriksen, Bélgica vence a Rússia