Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Eurocopa: Van Basten detona De Ligt e seleção holandesa

Lendário atacante foi firme sobre como a Holanda está jogando nessa Eurocopa

Alexander Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Crédito: Olaf Kraak - Pool/Getty Images

A seleção holandesa soma duas vitórias em dois jogos nessa Eurocopa: primeiro fez 3×2 na Ucrânia e nessa quinta-feira, 17, fez 2×0 na Áustria. E mesmo com 100% de aproveitamento e já classificada para a segunda fase da competição, Frank de Boer e seus comandados não estão livres de críticas de acordo com matéria do Record.

Marco Van Basten, um dos melhores jogadores holandeses da história e autor de um dos gols do título do país na Eurocopa de 1988, fez duras críticas tanto ao estilo de Frank de Boer, quanto, em especial, ao zagueiro Matthijs de Ligt.

“Se virmos a frequência com que o Stekelenburg tem que usar a bola longa e, portanto, não sair em vantagem, isso não é positivo. O jogo acaba sendo uma espécie de futebol de luta. A partir de trás você tem mais visão e controle para sair e começar a jogar futebol. A partir daí pode dominar a partida. Só que não vi nada disso até agora”, explicou Van Basten.

Com Matthijs de Ligt, Van Basten foi um pouco além, afirmando, inclusive, que seu tempo na Juventus da Itália não serviu para muita coisa.

“O De Ligt é um zagueiro, mas precisa de maior amplitude. Tem de se fazer ouvir, de se fazer valer. Porque tem que liderar a defesa. Ele simplesmente corre atrás do seu homem, deixando espaços enormes. O De Ligt foi para Itália aprender a defender, mas não creio que tenha aprendido muito por lá”, detonou a lenda holandesa.

E aí, você concorda com a visão de Van Basten sobre o De Ligt e a seleção holandesa nessa Eurocopa?

Deixe nos comentários o que você acha!

Leia mais:

 UEFA faz pronunciamento sobre garrafas retiradas de coletivas

 reveladas as primeiras palavras de Eriksen após ser reanimado

Eurocopa: Eriksen terá aparelho implantado no coração

Eurocopa: ativista do Greenpeace quase é abatido na Allianz Arena

Eurocopa: capa do L’Équipe causa polêmica após vitória francesa