Ex-atacante do Flamengo morre em acidente de moto; clube se manifesta nas redes sociais

Rubro-negro utilizou suas redes sociais para confirmar o óbito e se solidarizar com os familiares da vítima

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino.

Crédito: Divulgação - Flamengo

O ex-jogador Diogo Corrêa de Oliveira, de 38 anos, morreu na noite da última quarta-feira (9), após ser vítima de um acidente em Maringá, no Paraná. Ele acumulou passagens por Flamengo, Santos, Grêmio Maringá, equipes do Japão, Suécia e Líbia.

De acordo com informações da CBN Maringá, Diogo trafegava em uma moto Yahama Fazer, no sentido bairro-centro, na Avenida Morangueira, no Jardim Tóquio, quando por motivos ainda desconhecidos, acabou  colidindo violentamente contra um poste de energia. O ex-jogador sofreu traumatismo craniano e morreu ainda no local. O acidente ocorreu por volta das 23h30 e foi atendido pelo Corpo de Bombeiros.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

FLA SE MANIFESTA

Em post realizado nesta manhã em suas redes sociais, o rubro-negro carioca lamentou o ocorrido, e se solidarizou com os familiares de Diogo, que teve uma passagem pelo clube da Gávea na temporada 2004.

Segundo informações do site Flaestatística, Diogo atuou pelo Flamengo entre fevereiro e junho de 2004, tendo marcado seis gols com a camisa do rubro-negro. O ex-jogador era natural de São Bernardo do Campo, cidade do interior de São Paulo.

LEIA MAIS: