Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Gabigol dobra tempo de jogo pela Seleção, mas sem protagonismo

Artilheiro do Flamengo não consegue se afirmar com a camisa canarinho

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: Miguel Schincariol/Getty Images

Gabriel Barbosa está tendo a oportunidade que tanto lhe foi requisitada neste mês de junho. Com a camisa da Seleção Brasileira, o jogador atuou em todos os compromissos da Copa América disputados até aqui. Desse modo, viu seu número de minutos em campo com Tite sair do 208 para 498 em um espaço de três semanas.

Porém, apesar do aumento das oportunidades, Gabigol não consegue repetir pela Seleção o que faz no Flamengo. O atacante balançou as redes em uma ocasião e tem causado pouco impacto durante o jogo. Nesse sentido, o técnico Tite tenta encontrar uma solução para fazer a qualidade do jogador brilhar. Segundo o auxiliar-técnico do Brasil, Cléber Xavier, o artilheiro ainda terá espaço para evoluir. “Os processos levam um tempo, precisa de sequência para ter links melhores. O Gabriel Barbosa está começando seu segundo ou terceiro jogo. É um processo que demora um pouco. Mas ele tem qualidades como disse o Tite, e buscamos ajustes na partida”, disse.

Gabigol dribla dificuldades pela Seleção

Para merecer a oportunidade de jogar na Seleção, o centroavante precisou se controlar. Conforme os relatos vindos da CBF, Tite tinha resistência ao nome de Gabriel por conta do comportamento do atleta fora dos gramados. Nas primeiras vezes que foi chamado, o atacante não teve uma postura considerada adequada ao não ser aproveitado nos jogos. Além disso, havia resistência pela característica do jogador quando a equipe estava sem a posse da bola.

Com os problemas corrigidos, voltou a ser convocado. Atualmente, soma jogos no torneio, entretanto precisará produzir ainda mais para estar na lista da Copa do Mundo 2022. Todavia, algumas peculiaridades do seu jogo já conquistaram a comissão técnica brasileira “Gabriel Barbosa ataca espaço com maestria, é o que ele faz no Flamengo e é requisitado na seleção também”, destacou Tite.

O próximo compromisso do Brasil na Copa América será na próxima sexta-feira às 21h.

LEIA MAIS:

Lateral que botou Marcelo na reserva do Real Madrid pede aumento salarial

Após Sérgio Ramos, Varane pode ser o próximo a deixar o Real Madrid