Jogadores que não devem ser liberados para as Olimpíadas

O técnico da seleção olímpica masculina André Jardine, faz nesta quinta-feira o anúncio dos 18 atletas convocados para as Olimpíadas de Tóquio

Wagner Moreira
Formado em audiovisual, jornalista e analista de mídia

Crédito: Kevork Djansezian/Getty Images

A pré-lista de convocados da seleção olímpica apresentou nomes que possivelmente não serão liberados, times brasileiros e europeus já demonstraram que não tem a intenção de ter seus jogadores por mais um longo período servindo suas seleções.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Diferente da Copa América, as Olimpíadas não são consideradas Data Fifa, deixando para os clubes a decisão de ceder ou não seus atletas.

No Brasil, o Palmeiras não deve liberar o goleiro Weverton, já o Flamengo não pretende liberar nenhum dos seus 3 convocados, Rodrigo Caio, Gabigol e Pedro.

Neymar e Marquinhos também não devem ser liberados pelo PSG.

Fernandinho, outro nome experiente na lista, deve ter muitas dificuldades para estar nas Olimpíadas, o jogador tem renovação de contrato encaminhada com o Manchester City.

Outros atletas de grandes clubes europeus, independente da idade, devem ter suas convocações discutidas pelos seus times, Alisson(Liverpool), Éder Militão (Real Madrid), Felipe (Atlético de Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Emerson (Barcelona), Richarlison (Everton) e Vinicius Jr. (Real Madrid), são alguns dos possíveis problemas na lista final de Jardine.

Pré-lista de convocados

 Goleiros:

  • Alisson (Liverpool)
  • Weverton (Palmeiras)
  • Santos (Athletico-PR)
  • Gabriel Brazão (Real Oviedo)
  • Brenno (Grêmio)
  • Ivan (Ponte Preta)
  • Cleiton (Red Bull Bragantino)

Zagueiros:

  • Nino (Fluminense)
  • Gabriel Magalhães (Arsenal)
  • Ibañez (Roma)
  • Marquinhos (Paris Saint-Germain)
  • Éder Militão (Real Madrid)
  • Felipe (Atlético de Madrid)
  • Vitão (Shakhtar Donetsk)
  • Rodrigo Caio (Flamengo)
  • Luiz Felipe (Lazio)
  • Lucas Veríssimo (Benfica)

Laterais:

  • Guilherme Arana (Atlético-MG)
  • Guga (Atlético-MG)
  • Gabriel Menino (Palmeiras)
  • Caio Henrique (Monaco)
  • Emerson (Barcelona)
  • Abner (Athletico-PR)
  • Dodô (Shakhtar Donetsk)

Meias:

  • Bruno Guimarães (Lyon)
  • Gerson (Olympique de Marselha)
  • Claudinho (Red Bull Bragantino)
  • Douglas Luiz (Aston Villa)
  • Maycon (Shakhtar Donetsk)
  • Patrick de Paula (Palmeiras)
  • Fernandinho (Manchester City)
  • Liziero (São Paulo)
  • Matheus Henrique (Grêmio)
  • Pedrinho (Benfica)
  • Paulinho (Bayer Leverkusen)
  • Reinier (Borussia Dortmund)
  • Alison (Santos)

Atacantes:

  • Neymar (Paris Saint-Germain)
  • Richarlison (Everton)
  • Vinicius Jr. (Real Madrid)
  • Rodrygo (Real Madrid)
  • Gabigol (Flamengo)
  • Antony (Ajax)
  • Matheus Cunha (Hertha Berlim)
  • Yuri Alberto (Internacional)
  • David Neres (Ajax)
  • Malcom (Zenit)
  • Gabriel Martinelli (Arsenal)
  • Evanílson (Porto)
  • Pedro (Flamengo)

LEIA MAIS

Crespo fala sobre Argentina, Brasil e conversa com Tite

Eurocopa: Cristiano Ronaldo faz história e Portugal vence Hungria

Recordista, Formiga confirma que Tóquio será sua última Olimpíada