Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Neto detona CBF, chama Copa América de “coisa ridícula” e sugere demissão a Tite

Apresentador da Band, Neto ressaltou que a Copa América é secundária perto da acusação de assédio contra Rogério Caboclo

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Reprodução

O apresentador e ex-jogador Neto detonou a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) após as polêmicas do final de semana. Com o presidente Rogério Caboclo afastado por acusação de assédio sexual, o ídolo do Corinthians ressaltou que a Copa América “não é nada em relação” a mulher que teria sido vítima do dirigente.


VEJA TAMBÉM:

Em meio à crise na CBF, Rogério Caboclo é afastado da presidência após acusação de assédio

Podendo ser demitido, Tite conversa com 4 jogadores em treino e esboça mudanças em escalação

Após confusão e afastamento de Caboclo, atletas da Seleção decidem jogar a Copa América


“A discussão sobre a Copa América é mais importante do que assédio? A cada oito minutos uma mulher é estuprada nesse país. E a gente preocupado com a Copa América? Copa América é água de salsicha. É um tirozinho, não um canhão. Não é nada em relação ao que essa mulher (assessora especial de Caboclo) sofreu pelos áudios divulgados”, disse Neto.

“Faz uma pesquisa para saber quem ganhou a Copa América, que teve há dois anos aqui. Ninguém sabe. Falam que tá tendo as Eliminatórias, mas é um jogo em casa e um fora e já estava marcado há muito tempo. E a gente aqui sem leito em hospital e sem doses de vacina. Precisava essa coisa ridícula de Copa América? Eu não sou nem só contra a Copa América, mas contra o futebol. Sou a favor da vacina e da vida”, continuou.

Por fim, Neto ainda sugeriu a demissão ao técnico Tite, que comanda a seleção brasileira. “Que se exploda a seleção e que se exploda a CBF, que já tentou me derrubar. Não vou assistir à seleção. Não tô nem aí. Não tenho vontade de ver essa seleção”, afirmou.