Pat Riley foi multado por comentários sobre LeBron James

O presidente do Miami Heat, levou uma multa de US$ 25.000 (*R$ 123 mil) por comentários sobre um possível reencontro com LeBron James a Miami

Ricardo Antunes
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Getty Images

Pat Riley, sofreu uma multa pesada após seus comentários sobre LeBron James, a Dan Le Batard na última sexta-feira (4) no programa The Dan Le Batard Show, a NBA ao saber disso multou o presidente do Heat em US$ 25.000 (*R$ 123 mil) na última quarta-feira (9), por violar as regras ‘anti-tempering’- que não dá a permissão que alguém que esteja ligado a liga assedie um jogador que tenha o contrato com outra franquia da NBA, o que Riley acabou dizendo ao comentar sobre LeBron, as palavras dele vieram um dia após a eliminação do Lakers nos playoffs no jogo 6 pelo Phoenix Suns.

Riley , montou em 2010 o Big Three com LeBron, Dwyane Wade e Chris Bosh, que ganhou dois títulos da NBA em 2012 (Oklahoma City Thunder) e 2013 (San Antonio Spurs) e dois vice-campeonatos em 2011 (Dallas Mavericks) e 2014 (San Antonio Spurs) em 4 anos, ele disse que se LeBron quisesse voltar a Miami, a porta estaria aberta.

“Eu deixaria a chave debaixo do capacho se ele ligasse e me avisasse que está vindo, eu faria isso, mas duvido muito dessa chave … talvez ela esteja enferrujada agora,” disse Pat Riley.

 

Vídeo: The Dan Le Batard Show

“ LeBron, olha, ele é um dos maiores de todos os tempos e tivemos aqui quatro anos nas finais, quatro anos de emoção, dois campeonatos da NBA – com LeBron, Chris Bosh, Dwyane Wade, Ray Allen , Shane Battier, Udonis, todos eles. Foi a melhor época para o Heat ”, afirmou o presidente do Heat.

Ser multado pela NBA não foi uma surpresa para Riley, ele afirmou na entrevista que poderia ser multado pela liga durante o programa, devido LeBron ter o contrato com o Lakers até a temporada 2022-23.

“Foi o melhor momento para o Heat. Então, eu desejo a ele nada além do melhor, e se ele quiser voltar, eu vou colocar uma nova chave brilhante sob o tapete”, finalizou Riley

Depois de quatro anos em Miami (2010 a 2014) em 2014 LeBron anunciou que voltaria ao Cleveland Cavaliers por onde havia atuado de 2003 a 2010,  mas em 2018, King James foi para o Lakers, na NBA desde 2003 ele tem duas passagens pelo Cavaliers (2003 a 2010 e 2014 a 2018), Heat (2010 a 2014) e Lakers desde 2018, em 2012, 2013, 2016 e 2020 ele foi campeão da liga, então dos quatro anéis de campeão na liga dois foram pela equipe da Flórida, por isso que Pat Riley foi tão insicivo nos seus comentários.
O contrato de LeBron com o Lakers é até a temporada 2023, essa atitude de Riley de fazer comentários sobre jogador que está sob contrato com outra franquia com  dizeres para “atraí-lo” a retornar ao Miami Heat nesse momento, principalmente vindo presidente da equipe só podia dar em uma punição muito pesada, mas se isso fizer LeBron voltar a Miami. Será que valerá  cada centavo da multa paga por Pat Riley?.
*Cotação do dólar em 9 de junho

 

LEIA MAIS: Nikola Jokic é eleito MVP da NBA em 2020-21

Em partida emocionante, Mitchell faz 45 pontos e coloca o Utah Jazz na liderança da série

LeBron James sugere que não vai participar das Olimpíadas