RB Bragantino vira sobre o Corinthians e vence a segunda no Brasileirão

RB Bragantino conseguiu virar fora de casa diante do Corinthians em jogo que conseguiu impor seu estilo de jogo diante do adversário

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

De virada, o RB Bragantino venceu o Corinthians na Neo Química Arena por 2 a 1 com gols de Aderlan e Eric Ramires, chegando a oito pontos conquistados em quatro jogos no Brasileirão nesta quarta-feira (16).

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O Corinthians até saiu na frente com gol de Roni, mas foi dominado pelo RB Bragantino no volume de jogo. A equipe de Barbieri teve 58% da posse e finalizou 22 vezes, com cinco chutes no alvo. O Timão chutou cinco bolas, sendo duas no alvo e apenas 77% de passes certos.

Com a vitória, o RB Bragantino assumiu momentaneamente a 4ª posição do Brasileirão, enquanto o Corinthians seguiu estacionado com quatro pontos.

Primeiro tempo

O duelo paulistano começou equilibrado com o RB Bragantino indo mais para cima do Corinthians no início do primeiro tempo. Ytalo logo teve oportunidade ao pegar de primeira o cruzamento de Artur, mas desperdiçou a primeira finalização.

Na primeira chance corintiana, Gustavo Silva armou o ataque pela direita e cruzou na entrada da área para Vital tentar de bicicleta, mas acabou furando. Na sobra, Roni chutou com desvio e Cleiton defendeu.

Com mais posse de bola, o Bragantino chegou novamente na chegada de Luan tocando para Roni na intermediária, mas Léo Ortiz antecipou. Depois, Helinho arriscou de longe e chutou para fora.

Aos 10′, foi a vez de Pedrinho receber boa bola no funil e puxar para o meio, batendo de canhota. Cássio teve que esticar bastante para espalmar. Na sobra da cobrança de escanteio, Helinho bateu firme e ameaçou o goleiro.

Mesmo sendo pressionado, o Corinthians abriu o placar na tabelinha de Luan com Fábio Santos pelo meio. Gustavo Silva surgiu na direita e dominou para cruzar rasteiro achando Roni, que furou a primeira, mas acertou a segunda tentativa e acertou o canto, aos 18 minutos.

O Bragantino chegou mais depois de sofrer com Pedrinho e Fabrício Bueno, encarando as linhas de marcação altas do Corinthians que ficou posicionado no 5-4-1 em diversos momentos. Porém, a primeira etapa terminou sem que a defesa corintiana fosse vazada.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o RB Bragantino voltou ainda mais incisivo. Logo aos três minutos, Pedrinho recebeu ótimo cruzamento de Artur e dominou bem para ficar no 1v1 contra Cássio, mas acabou chutando para fora.

Depois, foi a vez de Ytalo receber cruzamento baixo e tentar girar, mas acabou sendo desarmado após ter sido bem cercado. Na jogada seguinte, Pedrinho chegou perto da área e cruzou para segunda trave, mas Fábio Santos tirou para escanteio.

Aos seis minutos, o RB Bragantino chegou ao gol de empate. Na cobrança de escanteio, Aderlan venceu a marcação de Gabriel e Cantillo e cabeceou muito firme no canto do goleiro Cássio.

Lucas Evangelista teve a chance de virar o jogo ao receber em condições na grande área, mas foi travado por Gil. Na cobrança, Fabrício Bueno subiu mais que a zaga e cabeceou para fora.

Na primeira chegada do segundo tempo (apenas aos 15′), Gustavo Silva tentou arrancar na direita mas acabou sendo interrompido por Léo Ortiz, no momento em que Mateus Vital saiu para entrada de Araos.

Apesar de tentar pressionar mais, o Corinthians viu a equipe de Maurício Barbieri ficar mais perto do segundo gol. No contra-ataque, Pedrinho arrancou e achou Artur na ponta direita, o atacante tirou da marcação e bateu no canto para Cássio espalmar.

Depois de pouca movimentação e um controle maior do Corinthians (que teve Léo Natel saindo com ombro deslocado para entrada de Ramiro) na posse de bola, o Bragantino chegou ao segundo gol na primeira finalização em muito tempo.

Aos 39′, Léo Ortiz achou Ytalo no campo de ataque para tabelar com Eric Ramires. O atacante arriscou e a bola foi desviada, mas Ramires aproveitou a sobra na pequena área e ganhou da marcação para finalizar por baixo do goleiro Cássio.

Lucas Evangelista quase marcou o terceiro gol ainda na entrada da área após lançamento de Léo Ortiz, tentando de primeira. A bola bateu no braço de Gil (fora da área) e o juiz marcou falta. Na cobrança, Artur aproveitou a sobra e mandou no canto para Cássio defender.

O Corinthians não teve mais chances de buscar o empate e acabou sendo derrotado.

 

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1-2 RB BRAGANTINO

Data: 16/06/2021, 20:30
Estádio: Neo Química Arena
Árbitro: Thiago Luis Scarascati

Gols: 1T 19′ Roni (Corinthians); 2T 7′ Adeian (RB Bragantino); 2T 39′ Eric Ramires

Substituições – Corinthians: Araos (Vital); Léo Natel (Luan); Ramiro (Natel)

Substituições – Bragantino: Ramires (Pedrinho); Tomas Cuello (Helinho)

Corinthians (4-2-3-1): Cássio; Fagner, João Victor, Gil, Fábio Santos; Victor Cantillo, Gabriel; Gustavo Silva, Roni, Mateus Vital; Luan. Técnico: Sylvinho

RB Bragantino (4-2-3-1): Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz, Weverson; Lucas Evangelista, Raul; Artur, Pedrinho, Helinho; Ytalo. Técnico: Maurício Barbieri

LEIA MAIS