Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado da Bola: Santos consultou Fernandinho e brasileiros da Lazio

Santos chegou a pensar na contratação de Fernandinho antes do Manchester City renovar contrato; dupla brasileira da Lazio também foi monitorada

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: PORTO, PORTUGAL - MAY 29: Fernandinho of Manchester City looks back and waves as he walks away with his medal following defeat in the UEFA Champions League Final between Manchester City and Chelsea FC at Estadio do Dragao on May 29, 2021 in Porto, Portugal. (Photo by Jose Coelho - Pool/Getty Images)

O presidente do Santos, Andreas Rueda, disse nesta quarta-feira (16) que o Santos monitorou as situações de Fernandinho, Felipe Anderson e Andreas Pereira, nos últimos dias.

Os três meias atuam no futebol europeu atualmente, mas são identificados com o Santos. Porém, apesar do monitoramento, nenhuma negociação foi aberta.

De acordo com o presidente do Santos, o meia Fernandinho “pensou em voltar ao Brasil”, mas acabou renovando com o Manchester City (atual campeão inglês) para mais uma temporada.

Enquanto isso, Andreas Pereira e Felipe Anderson estão atualmente na Lazio com os direitos vinculados à Manchester United e West Ham, respectivamente.

Com isso, o Santos segue com cinco contratações na atual temporada: Danilo (zagueiro), Moraes (lateral-esquerdo); Camacho (meia), Vinicius Zanocelo (meia) e Marcos Guilherme (atacante).

Depois da chegada de Fernando Diniz, o presidente do Santos confirmou que o clube seguirá atrás de reforços nas próximas semanas, mesmo com o Brasileirão já em andamento.

As revelações foram feitas pelo presidente do Santos ao programa “De Olho no Peixe”.

As melhores notícias de esportes, direto para você

    

 

Palavras de Andres Rueda, presidente do Santos

“Entrei em contato com três jogadores. Sabia que era difícil, mas liguei por curiosidade. Um é o Felipe Anderson. Eu nem fiz convite, perguntei sobre os vencimentos: 1,4 milhão. O segundo foi o Fernandinho, mas ele disse que pensou em voltar ao Brasil, mas tinha acabado de renovar com o Manchester City. E o terceiro é meu xará, Andreas Pereira, que está louco para jogar aqui, ganhava menos que o Felipe Anderson, 1,2 milhão.”

“O Santos é um time que está no mercado para trazer jogadores para suprir pontos de quantidade. O técnico tem de ter opção para poder disputar campeonatos com mais consistência. Não temos condição agora de pagar 1,5 milhão de euros ou mais para trazer jogador. Não adianta. A menos que a gente cometa o mesmo erro de sempre, comprar e não pagar. Nesse momento, temos condições de trazer por empréstimo, sem pagar comissão a empresário”

“A torcida tem todo direito de pedir quem ela imagina, mas a gestão não pode pensar com o coração e sim com a razão. Estamos olhando o mercado para contratações pontuais. Volto a repetir: o modelo é que quem tem que dizer que área que precisamos é a comissão técnica. Uma vez feito isso, temos uma área de scouts que basicamente diz que é uma boa ou não. Terceiro ponto é saber se cabe no bolso”

LEIA MAIS