Torcedores – Notícias Esportivas

T-Rex lança primeira série de futebol americano da América Latina e muda o cenário do esporte no Brasil

A série Chance4Life, do T-Rex, equipe de futebol americano da cidade de Timbó, Santa Catarina, estreou nesta sexta-feira no Youtube e trouxe diversos aspectos de uma produção profissional de alta qualidade

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Divulgação/T-Rex Futebol Americano

O T-Rex, equipe de futebol americano da cidade de Timbó, é conhecido no Brasil por seu sucesso em campo, onde já conquistou dois títulos nacionais e cinco estaduais. Fora dele, o clube também é reconhecido por suas ações sociais. Nesta última sexta-feira, o time que já fazia um trabalho de divulgação expressivo nas redes sociais e no Youtube, estreou em mais uma vertente: o das séries, com a Chance4Life, uma produção autoral e totalmente cinematográfica.

Chance 4 Life é a primeira da América Latina

A Chance4Life, que é a primeira série sobre futebol americano da América Latina, não decepcionou. Em seu primeiro episódio, “Fantasmas”, o time de Timbó trouxe toda a  intensidade da equipe e os problemas que foram vivenciados na final do Campeonato Nacional de 2019, onde foram superados pelo João Pessoa Espectros.

E alguns pontos chamam a atenção para a produção: o storytelling realizado no primeiro episódio dá um norte de como a série vai funcionar. Trazendo histórias que foram vivenciadas pelos atletas e seus relatos, além de tomadas cinematográficas, dignas de uma série de alto budget de produção. Se você gosta de Last Chance U, série original da Netflix dirigida por Greg Whiteley, a Chance4Life é perfeita para você. Mas se engana quem acha que esta é uma cópia da produção norte-americana.

T-Rex mostra originalidade e profissionalismo com série de futebol americano

Muitos fatores trouxeram a assinatura e originalidade do seriado, como o Lut elaborado para padronizar as cores de toda a produção – onde predomina o vermelho, do time -, a trilha sonora totalmente baseada no Edi Rock, membro do grupo Racionais MC’s e embaixador da série, além do aprofundamento e maior diversidade de personagens apresentados. Tudo isso formou um combo perfeito para os fãs do futebol americano maratonarem. E, para quem não conhece tanto do esporte, ser introduzido e se apaixonar pela filosofia da modalidade – que é muito bem explicada logo no primeiro episódio. Principalmente pelos atletas, que mostram como é viver em prol do futebol americano e o quão difícil é a disciplina para poder se destacar no cenário.

A produção, por ser a primeira da América Latina, representa – e muito – para o cenário do esporte no Brasil. Isso porque a série vai além de um simples documentário, mas sim, apresenta-se como um modelo de negócio que pode ser replicado pelo continente. E, além disso, aumenta – e muito – a visibilidade da modalidade em terras brasileiras, já que ficará disponível na Unifique Play e poderá ser acessado por espectadores em qualquer lugar do mundo.

A série completa conta com 8 episódios, nesta primeira temporada. Além disso, 100 pessoas estão envolvidas na produção, contando com atletas, treinadores e colaboradores da equipe.

Ainda, a produção brasileira busca trazer o dia-a-dia entre treinos, reuniões, disputa de competições e a vida dos atletas, que são de diferentes locais do pais, e estão na equipe para ter a experiência de vestir a camisa do T-Rex. Ainda, o aprofundamento dos personagens é algo que é esperado para os próximos episódios, como no caso dos irmãos Reis, que saíram do Ceará para jogar futebol americano e tiveram alguns obstáculos para chegar onde estão, atualmente. A prévia, inclusive, já fora divulgada no @Rex4life, Instagram oficial da equipe.

A “Chance4life” conta com o patrocínio da Unifique, e os próximos episódios serão lançados com exclusividade na plataforma Unifique Play.

Confira o primeiro episódio completo:

 

LEIA MAIS

Com exclusividade, Cairo Santos fala sobre trajetória na NFL e renovação de contrato com os Bears: “Espero continuar como parte desta história”

Ronald Jones II fala sobre jogar seu primeiro Super Bowl “em casa”, pelo Tampa Bay Buccaneers

Conheça Joc Crawford, jogador de futebol americano que saiu da Kansas University, quase entrou na NFL e passou por Corinthians e Santos