Time dos EUA diz ter negociações por Lionel Messi

Clube que tem David Beckham como sócio articula contratação com o Barcelona

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: David Ramos/Getty Images

A princípio pode parecer um sonho distante. Porém, para o Inter Miami, clube caçula da MLS criado em 2019, é uma realidade atingível. Segundo informações confirmadas pela direção da entidade, os americanos debatem com o Barcelona-ESP a possibilidade de contratar Lionel Messi no futuro próximo. As conversas estão ocorrendo nos bastidores, mas já há otimismo quando ao acordo.

Conforme afirmou o bilionário Jorge Mas, sócio de David Beckham na criação do Inter Miami, as tratativas estão evoluindo. “David e eu temos trabalhado muito duro, temos aspirações de trazer os melhores jogadores para cá e Leo Messi é um dos melhores jogadores de todos os tempos. Estou otimista que Messi jogará com uma camisa do Inter Miami porque acho que vai completar o legado do maior jogador da nossa geração. E também vai ao encontro das ambições dos donos do Inter Miami de construir um time de classe mundial”, disse em recente entrevista ao jornal Miami Herald.

Projeto desenhado

Segundo o plano elaborado pelos americanos, Messi defenderá o Barcelona por mais dois anos. Após esse período, o argentino jogará na Inter Miami, mas com um acordo para voltar a Espanha após o contrato na MLS. Contudo, o retorno seria para ser embaixador global da equipe e não mais atleta.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Para o camisa 10 da Argentina jogar na liga de futebol dos Estados Unidos, concessões nas regras precisariam acontecer. Atualmente, há limites nos moldes de contratos de jogadores que disputam a competição. Para que Messi receba a alta remuneração que a ele é destinada, a MLS precisará dar o aval. Fato parecido ocorreu quando Beckham atuou no país defendendo as cores do LA Galaxy.

LEIA MAIS:

Ex-staff de Douglas Costa vê jogador 100% e palpita: “Será o melhor do Brasil”

Juventus prepara oferta por Harry Kane