Andressa Alves comenta o fato de ser inspiração para outras jogadoras: “às vezes não caí minha ficha”

Depois de ficar na lista de suplentes das Olimpíadas, Andressa Alves se mostra feliz pelo carinho que recebe de futuras jogadoras

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Sam Robles / CBF

Aos 28 anos, Andressa Alves é uma das referências do futebol brasileiro. Com uma carreira vitoriosa tanto no Brasil como na Europa, Andressa acaba sendo uma inspiração para outras meninas que sonham repetir seus passos. Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (13), a jogadora comentou sobre essa situação.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Eu fico feliz quando recebo mensagens de meninas mais novas dizendo que sou inspiração. Às vezes não cai minha ficha que tive tantas conquistas. Mas tento manter meus pés no chão para seguir inspirando essa nova geração e mostrar meu futebol da melhor forma possível.”

Lado brincalhona de Andressa Alves

Quem acompanha as redes sociais das jogadoras e da seleção brasileira acaba percebendo que Andressa Alves é presença quase obrigatória nos momentos de descontração. A jogadora também comentou sobre esse lado, mas ressaltando a necessidade de entender o momento certo tanto para descontração como para seriedade.

“Estou em todos os vídeos nas brincadeiras, nas resenhas. Isso é importante, quanto mais treinarmos feliz, mais vamos render. Mas claro, sabemos o momento de estar sérias, quando estamos dentro de campo damos nosso melhor. A alegria do brasileiro nunca pode faltar, temos que demonstrar isso sempre.”

Mais informações da seleção brasileira

A seleção olímpica do Brasil está em sua última semana de treinos em Portland. Na próxima sexta-feira (15), às 14 a delegação irá embarcar o Japão, em um voo com escala em Anchorage (Alasca). Em seguida, a seleção seguirá para Tóquio, pousando às 14h (2h no Horário de Brasília), no aeroporto de Narita. Na chegada, a equipe seguirá para Myagi, local da estreia do Brasil, no dia 21 de julho diante da China.

LEIA MAIS:

Bia Zaneratto se diz mais madura e destaca sua versatilidade: “hoje sou uma jogadora mais completa”

Rafaelle explica mudança defensiva do Brasil e trabalhos realizados para aprimorar o ataque