Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Antes da estreia pelo Flamengo, Renato Gaúcho tem que resolver crise interna com estrela do time

Renato tem apenas dois dias para preparar a equipe para sua estreia

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: Lucas Uebel/Grêmio

Anunciado pelo Flamengo como novo técnico na vaga que era de Rogério Ceni, Renato Gaúcho tem apenas dois dias para preparar a equipe para sua estreia no comando do time. Mas o treinador ainda precisa resolver uma crise interna com um dos principais jogadores do elenco-rubro negro: Gabigol.

O atacante do time esteve fora por mais de 40 dias por causa da seleção brasileira e agora terá que se reapresentar nesta segunda após um atrito com o clube.

Segundo reportagem do site Ge, Gabigol vai encontrar um clima mais “pesado” para ele. Isso porque a relação com o  vice de futebol, Marcos Braz, e com o diretor Bruno Spindel sofreu uma abalo nas últimas semanas depois do jogador não se reapresentar ao clube após os jogos do Brasil pelas Eliminatórias da Copa. Ele foi chamado para enfrentar o Coritiba, mas não apareceu.

A CBF informou que o atleta tinha sofrido um edema na coxa. No entanto, o departamento médico do Flamengo discordou do diagnóstico e queria fazer uma nova avaliação. Mas Gabigol permaneceu com a seleção se preparando para disputar a Copa América.

Com o vice, o jogador voltou a ficar à disposição, mas foi suspenso pelo clube e não participou da partida contra a Chapecoense no último domingo, pelo Brasileirão.

Agora, segundo o Ge, Renato terá a missão de “abraçar” o jogador nesse momento. “Neste contexto, a mudança de Rogério Ceni por Renato Gaúcho conta a favor de Gabigol. “O técnico é conhecido pela habilidade de gerir problemas de relacionamento e, em seu início do clube, a aposta é de que vai abraçar o camisa 9”, diz o portal.

Podendo contar com o artilheiro, o novo técnico estreia no Flamengo nesta quarta-feira (14), diante do Defensa y Justicia, na Argentina, pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

LEIA MAIS: