Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após custar quase R$ 100 milhões aos cofres do clube, Palmeiras já admite diminuir valor para negociar Borja

Borja volta ao Palmeiras após empréstimo e deve reforçar equipe de Abel Ferreira

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

A pedida feita pelo Palmeiras ao Junior (COL), de US$ 4,5 milhões por 50% dos direitos de Borja já é passado. Segundo o site Uol Esporte, o clube já admite diminuir o valor para negociar o jogador.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

“Borja, que se reapresenta ao clube após a disputa do 3º lugar da Copa América —Peru x Colômbia, sexta feira (9)—, fez um bom campeonato e recebeu sondagens de clubes da Espanha e da Itália, por meio de seu empresário. Mas não houve qualquer proposta oficial pela contratação do jogador”, diz a publicação.

O clube entende como um alívio uma possível venda do atacante. Isso porque a folha salarial do Verdão terá um aumento com a volta do jogador. Borja recebe cerca de R$ 500 mil por mês. Ainda de acordo com o portal, o jogador já custou cerca de R$ 100 milhões aos cofres do clube paulista. O contrato do colombiano com o Palmeiras vai até o fim de 2022.

Borja deve se juntar a Dudu e Deyverson na lista de jogadores do Palmeiras inscritos na sequência da Copa Libertadores da América.

LEIA MAIS:

As melhores notícias de esportes, direto para você