Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após levar ouro inédito ao seu país, atleta ganha voos de graça para o resto da vida

Atleta do levantamento de peso, Hidilyn Diaz levou as Filipinas ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez na história

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: AirAsia / Divulgação

O auge na carreira de um atleta é levar uma medalha de ouro em Jogos Olímpicos, como aconteceu em Tóquio 2020 com Hidilyn Diaz, das Filipinas, na categoria até 55kg do levantamento de peso.

Dias conquistou o ouro inédito para seu país em toda história da Olimpíadas e, de quebra, faturou um outro prêmio que poderá usar pelo resto da sua vida.

A companhia AirAsia deu a Hidilyn Diaz passagens aéreas vitalícias. Ou seja, a filipina poderá viajar de graça nos aviões da empresa para sempre.

A AirAsia já havia presenteado a atleta com voos ilimitados por cinco anos, quando ela conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Agora, com o ouro, ela será uma “passageira eterna” da companhia aérea.

“Nós da AirAsia gostaríamos de parabenizar Hidilyn por sua maravilhosa conquista, por representar nosso país e ganhar nossa primeira medalha de ouro nas Olimpíadas”, disse Ricky Isla, CEO da empresa.

“Agradecemos a Hidilyn por ser uma inspiração para o povo filipino e por nos animar”, completou o empresário.

E MAIS

Boxeador imita Mike Tyson e tenta morder orelha de rival durante luta nas Olimpíadas; assista

Iraniano medalha de ouro no tiro esportivo é acusado de ser terrorista em seu país

Chinês fatura ouro no levantamento de peso usando uma técnica nunca vista antes