Atlético-MG segue invicto nas disputas por pênaltis na Libertadores

Com a vitória contra o Boca Juniors, Galo mantém importante marca na Copa Libertadores

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Twitter oficial Atlético-MG

Na última terça-feira (20), o Atlético-MG garantiu sua vaga nas quartas de final da Copa Libertadores 2021 em mais uma disputa por pênaltis. Dessa vez o herói foi Everson, que defendeu duas cobranças e converteu a sua, garantindo o resultado de 3 x 1. Dessa forma, o Galo segue com 100% de aproveitamento nas decisões por penalidades. Em quatro oportunidades o Atlético-MG levou a melhor.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

A primeira foi em 2000, quando eliminou o Athletico Paranaense pelo placar de 5 x 3. Em seguida, duas vitórias em 2013, ano do título inédito, superando o Newell’s Old Boys (3 x 2) e o Olímpia (4 x 3), com Cuca no banco de reservas.

De vilão a herói na Libertadores

Apesar de ter brilhado nas penalidades, por pouco Everson não foi o grande vilão da noite. Isso porque o goleiro teve uma falha inacreditável em lance que gerou o gol do Boca Juniors. Mas com auxílio do VAR, a arbitragem anulou o lance, devido a impedimento no início da jogada.

Já nas penalidades Everson foi o herói da classificação. Apesar de Hulk e Hyoran perderem suas cobranças, Everson praticou duas defesas e converteu a sua, garantindo a classificação mineira.

Revolta do Boca Juniors na Libertadores

Esse gol gerou muita revolta por parte dos argentinos. Tanto que eles perderam seu voo, com a delegação detida em Belo Horizonte, tendo que prestar longo depoimento. O elenco foi liberado apenas ao meio-dia desta quarta-feira (21), após horas na delegacia. A imprensa argentina também questionou a forma como a equipe foi eliminada, acreditando que o VAR errou no lance.

Vale citar que o Boca também questiona o gol anulado no jogo de ida, onde a equipe também teve um gol anulado.

LEIA MAIS:

Riquelme se diz enojado após eliminação do Boca, detona VAR e dispara: “No Brasil é sempre assim”

Mercado da Bola: Clube da Série A responde Atlético-MG sobre atacante