Botafogo espera anunciar novo técnico até segunda-feira; uruguaio é oferecido a diretoria

Dirigentes ainda não chegaram a um nome de consenso para substituir Marcelo Chamusca

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Internacional

O Botafogo descarta iniciar a próxima semana sem ter contratado um novo treinador. Mesmo após fracassar nas conversas com Dorival Júnior, Lisca e Vanderlei Luxemburgo, a diretoria confia estar perto de fechar o técnico que irá comandar a equipe na Série B do Brasileirão.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O Torcedores.com apurou que o processo de contratação do novo comandante está sendo conduzida sob sigilo pelos dirigentes. A princípio, o vazamento de informações tem atrapalhado a movimentação do clube no mercado da bola.

A diretoria, por sua vez, se apressa pela necessidade de evitar impactos ainda maiores após a saída de Marcelo Chamusca. Afinal, o Botafogo não faz boa campanha na competição. Com 13 pontos e ocupando a 12ª colocação, o time está longe da zona de classificação para a Série A.

O Botafogo está sem técnico desde a última terça-feira. Marcelo Chamusca foi demitido e o interino Ricardo Resende assumiu o cardo para comandar o time contra o Brusque, neste sábado, em Santa Catarina.

Desde então, três dos mais cotados para assumir o cargo passaram a não ter mais chances de acertar com o Botafogo. Dorival Júnior explicou estar com problemas particulares, Lisca rejeitou o convite, enquanto Vanderlei Luxemburgo é considerado caro pelo clube.

Alternativa no mercado

Mais um nome apareceu, neste sábado, na lista do Botafogo para assumir o comando. O técnico Jorge Fossati, que está no River Plate, do Uruguai, foi oferecido ao clube e seu nome está sendo avaliado.

Segundo uma fonte próxima a diretoria alvinegra, o nome chegou através de um empresário, mas que uma negociação sequer foi aberta. Com 68 anos, o uruguaio comandou o Peñarol, Dnubio, Cerro Porteño, LDU Quito, Internacional, entre outros clubes.

Além disso, ele comandou a seleção do Uruguai nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006. Posteriormente, ficou à frente da equipe do Qatar em duas oportunidades em 2006/2008 e 2016/2017.

LEIA MAIS: 

Mercado da bola: Ex-Botafogo e Vasco troca o Marítimo por rival em Portugal 

Após negativas de Dorival, Lisca e Luxemburgo, ex-técnico do Cruzeiro vira opção para comandar o Botafogo 

Botafogo descarta Vanderlei Luxemburgo; saiba os pontos de discordância entre clube e treinador