Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Brasil chega a 23 medalhas no judô na história das Olimpíadas; confira todos os medalhistas

Judô é a modalidade que mais rendeu medalhas ao Brasil em toda história dos Jogos Olímpicos

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: Gaspar Nóbrega/COB

Na manhã deste domingo (25), Daniel Cargnin conquistou a medalha de bronze na categoria até 66kg do judô, somando o segundo pódio do Brasil nos Jogos de Tóquio 2020.

O judô ampliou sua vantagem na primeira colocação das modalidades que mais rendem medalhas para o esporte brasileiro.

O bronze de Cargnin foi a 23ª medalha do Brasil na história das Olimpíadas: 4 de ouro, 3 de prata e 16 de bronze.

A segunda modalidade com a maior quantidade de medalhas é a vela, com 18 (7 ouros, 3 pratas e 8 bronzes).

A primeira medalha brasileira do judô saiu em 1972, com bronze conquistado por Chiaki Ishii, em Munique. De Seul, em 1988, até Tóquio, agora em 2021, o esporte sempre conquistou pelo menos uma medalha em cada edição.

Confira todas as 23 medalhas do judô na história:

1972 (Munique/ALE)
Chiaki Ishii (-93kg, bronze)

1984 (Los Angeles/EUA)
Douglas Vieira (-95kg, prata)
Walter Carmona (-86kg, bronze)
Luís Onmura (-71kg, bronze)

1988 (Seul/COR)
Aurélio Miguel (-95kg, ouro)

1992 (Barcelona/ESP)
Rogério Sampaio (-65kg, ouro)

1996 (Atlanta/EUA)
Aurélio Miguel (-95kg, bronze)
Henrique Guimarães (-65kg, bronze)

2000 (Sydney/AUS)
Tiago Camilo (-73kg, prata)
Carlos Honorato (-90kg, prata)

2004 (Atenas/GRE)
Leandro Guilheiro (-73kg, bronze)
Flávio Canto (-81kg, bronze)

2008 (Pequim/CHN)
Ketleyn Quadros (-57kg, bronze)
Leandro Guilheiro (-73kg, bronze)
Tiago Camilo (-81kg, bronze)

2012 (Londres/ING)
Sarah Menezes (-48kg, ouro),
Mayra Aguiar (-78kg, bronze)
Felipe Kitadai (-60kg, bronze)
Rafael Silva (+100kg, bronze)

2016 (Rio de Janeiro/BRA)
Rafaela Silva (-57kg, ouro)
Mayra Aguiar (-78kg, bronze)
Rafael Silva (+100kg, bronze)

2020 (Tóquio/JAP)
Daniel Cargnin (-66kg, bronze)

E MAIS

Jornalista ofende Bárbara, goleira do Brasil, durante programa de TV: “Uma porca com suéter”

Leticia Bufoni explica treta com Kelvin Hoefler e revela que medalhista bloqueou a confederação

Hortência chora ao vivo na TV com a participação do filho nas Olimpíadas de Tóquio 2020