Comentarista vê erro de Paulinho em manter ida ao Grêmio como possibilidade: “Jogador sem ambição”

Volante de 32 anos Paulinho segue com futuro em aberto desde a rescisão com o Guanghzou, da China

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/CBF

No entendimento do comentarista Maurício Borges, o Mano, Paulinho está se mostrando “sem ambição” por deixar em aberto a possibilidade de jogar no Grêmio antes mesmo de uma eventual volta ao Corinthians. O comunicador analisou, no programa Estádio 97, da Energia FM, a informação dada pelo colega Alê Oliveira de que o volante estaria perto do tricolor gaúcho.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Mano entende que Paulinho, ao sinalizar com uma possível ida ao Grêmio, demonstra que “não quer cobrança” nesse momento da carreira:

“Então, não quer cobrança. Mostra que é um jogador sem ambição. É aquele leão que no final da vida quer ser adotado por algum cativeiro para comer carne macia sem ter que mastigar. Se o Paulinho não quer ganhar títulos mesmo, melhor não vir. Entre Paulinho e Renato Augusto, eu ainda prefiro o Renato Augusto. O Corinthians tem uma carência enorme nesse setor”, declarou Mano.

Veja a partir de 25:30:

Paulinho falou do Grêmio nesta semana

Ao canal “Bem Posicionados”, do YouTube, o volante Paulinho confirmou a realização de uma sondagem ainda sem conversar sobre valores envolvendo o Grêmio. E rasgou elogios o técnico Felipão, com quem trabalhou na China e na Seleção.

“Do Grêmio, teve uma ligação com pessoas ligadas ao Felipão e depois eu falei com o Felipão. Depois da chegada do Felipão do Grêmio, houve uma sondagem. Ele tem um coração que… Nossa senhora!”, frisou.

Corinthians e uma eventual permanência no futebol do exterior surgem como os principais concorrentes do Grêmio neste momento.

LEIA MAIS:

Grêmio anuncia a volta de Felipão, informa tempo de contrato e dirigente se empolga: “Vontade juvenil de trabalhar”

Méndez elogia reforço do Inter, fala de duelo com Diego Souza e diz que fez do último Gre-Nal “uma guerra”

Douglas Costa cita culpa maior dos jogadores por fase do Grêmio e fala de Felipão após derrota para o Palmeiras