Como Felipe Melo pode trabalhar para conseguir renovar com Palmeiras mesmo após Galiotte decretar ‘fim de ciclo’

Com futuro ainda indefinido, Felipe Melo segue como uma das principais peças do elenco comandado por Abel Ferreira

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Com contrato até dezembro de 2021 e já podendo assinar um pré-contrato com qualquer clube para se transferir sem custos a partir de 1º de janeiro de 2022, o volante Felipe Melo já ouviu do presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, que não terá seu vínculo renovado pela atual gestão, diferente do que aconteceu, por exemplo, com o atacante Willian, que também tinha vínculo até o fim do ano, mas já renovou por mais uma temporada.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Apesar da diretoria do Palmeiras tratar o caso de Felipe Melo como “fim de ciclo”, o volante ainda pode conseguir ampliar seu vínculo com o Verdão, a começar pelo desejo do próprio jogador, que sempre deixou claro a vontade de seguir no clube Alviverde. Aos 38 anos, o defensor ainda espera atuar em alto nível por mais duas temporadas e, recentemente, chegou a recusar uma oferta do Lugano, da Suíça.

Além da vontade do jogador, o técnico Abel Ferreira pode ajudar na permanência do volante após o término da atual temporada. Segundo o site ‘Nosso Palestra’, o treinador português já manifestou o desejo de contar com Felipe Melo. Vale lembrar que o comandante do Verdão tem vínculo com o clube até o fim de 2022.

Outro fator que pode ser determinante para o futuro de Felipe Melo no Palmeiras é a troca de gestão. Maurício Galiotte, que já deixou claro que não irá renovar o contrato do volante, está em seus últimos meses de mandato e em dezembro irá passar o cargo para outro mandatário. Na entrevista que deu ao UOL Esporte, o dirigente, no entanto, deixou a possibilidade de renovação do jogador aberta ao seu sucessor – vale destacar que Leila Pereira é favorita para assumir o cargo principal na diretoria Alviverde.

“(…) Eu fico até o dia 5 de dezembro e não vou renovar o vínculo com ele. O Felipe tem contrato até o dia 31 de dezembro. Se o próximo presidente tomar outra decisão, já não cabe mais a mim”, disse Galiotte na ocasião.

Quem vive situação semelhante a de Felipe Melo no Palmeiras é o diretor de futebol do clube, Anderson Barros, que também tem contrato até o fim do ano e está ciente de que sua permanência no Verdão dependerá do aval do próximo presidente.

Na atual temporada, Felipe Melo soma 25 jogos, sendo 19 como titular. No Campeonato Brasileiro, o volante – que chegou a atuar como zagueiro em algumas partidas – tem 10 jogos, tendo sido titular em sete deles. Vale destacar que o Palmeiras acumula 38 partidas na temporada de 2021.

Veja as principais estatísticas de Felipe Melo no Brasileirão, segundo dados do site Footstats:

Passes certos (3º do time): 315 (96%)
Desarmes certos (2º do time): 19 (95%)
Lançamentos certos (2º do time): 14 (70%)
Dribles certos (7º do time): 4 (80%)
Viradas de jogo (2º do time): 7 (77,7%)
Defesas (4º do time): 4
Rebatidas (1º do time): 43
Faltas cometidas (1º do time): 15

LEIA MAIS:
Palmeiras não vai pedir adiantamento de liberação para Borja; entenda a situação
Se for negociado com o Boca Juniors, Borja pode ser rival do Palmeiras na Libertadores

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes