Corinthians confirma interesse nos retornos de Paulinho e Renato Augusto, mas questão financeira é principal obstáculo

Em entrevista concedida nesta terça-feira (13), Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians, afirmou que o clube tem interesse nos dois atletas

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução / Daniel Augusto / Agência Corinthians

A diretoria do Corinthians segue trabalhando na questão de redução dos custos, mas o próprio Duilio Monteiro Alves, presidente do Timão, chegou a afirmar recentemente que reforços poderiam chegar no segundo semestre. E conforme declaração do próprio dirigente, dois velhos conhecidos da torcida estão no radar do clube. Em entrevista à Rádio Massa FM, Duilio confirmou as especulações recentes sobre o retorno de Paulinho e Renato Augusto.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Não falei com Renato porque ele tem contrato. Dependendo da forma como rescindir, se conseguir, são acertos diferentes. Não sei se sai abrindo mão de alguma coisa. A gente não consegue ter números ainda, não chegamos nisso. Apenas uma consulta. Ele é amigo, trabalhamos juntos, um cara espetacular como pessoa, muito esclarecido, diferenciado. A gente conversa muito desde a saída. Temos conversado muito sobre o retorno um dia. Tanto ele quanto o Paulinho. Mas depende da parte financeira, da vontade deles“, afirmou.

No caso do Renato, ainda com contrato vigente. Não dá pra criar essa expectativa na torcida e depois não trazer o jogador. Por isso tem de ter cuidado. Mas que existe interesse do clube em se reforçar em dois ou três atletas isso existe“, complementou o dirigente.

Situações de Paulinho e Renato Augusto

Paulinho conseguiu rescindir seu contrato no futebol chinês e hoje está livre no mercado. Mas as informações são de que o atleta ainda pensa em atuar no futebol europeu. Apenas se não conseguir um clube no Velho Continente, o atleta estaria disposto a jogar no futebol brasileiro.

Já Renato Augusto ainda tem contrato com o Beijing Guoan até o fim do ano, mas também busca sua rescisão contratual. Inclusive é esperado que essa situação seja resolvida na próxima semana.

“Não dá pra falar que não gostamos (do Renato Augusto), que não seria importante a chegada dele. É até uma posição que a gente precisa reforçar um pouco. Mas ele tem contrato com o clube da China (Beijing Guoan) ainda, não sei se vai conseguir a rescisão. E aí para a gente partir pra uma negociação só quando o jogador estiver livre“, finalizou o presidente do Corinthians.

LEIA MAIS:

Após “sim” ao Flamengo, Renato revela por que descartou ofertas de Santos e Corinthians

Mercado da Bola: Jovem de 17 anos assina primeiro contrato profissional com o Corinthians