Ex-Real Madrid, zagueiro divulga carta e anuncia aposentadoria: “me sentiria enganando aos clubes”

Jogador estava sem clube desde que deixou o Valencia

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Instagram

O zagueiro Ezequiel Garay, que passou pelo Real Madrid e pelo Benfica, anunciou nesta sexta-feira (16) sua aposentadoria do futebol. O jogador sofria com lesões e não jogava desde que deixou o Valencia, da Espanha. O atleta divulgou uma carta em seu Instagram.

Hoje me despeço de minha carreira como jogador de futebol profissional. Devo reconhecer que pensava que minha despedida seria mais tarde, mas não pôde ser. Há três anos tenho tentado, em silêncio, com uma equipe médica, por uma solução a um problema que apareceu inesperadamente. Dores fortíssimas que me impediram até de caminhar em algumas ocasições. São reiteradas infiltrações para competir em alto nível. Mas só tinha um único objetivo: desfrutar da minha paixão, rivalizar e entregar alegria aos torcedores. Em fevereiro de 2020 apareceu outra grave lesão, da qual me recuperei e consegui, até tal ponto, negociar com vários clubes em minha volta. Não posso. Sinto que estaria enganando a esse clube, os torcedores e a mim mesmo“, escreveu Garay em trecho da carta.

Ezequiel Garay

O agora ex-zagueiro de 34 anos fez toda a sua base no Newell’s Old Boys, tendo passado por todas as categorias, do sub-13 ao sub-20, estreando no profissional em 2004. Em 2005 assinou com o Racing Santander, da Espanha, e se destacou com a camisa do clube por quatro temporadas. Em 2009 fechou com o Real Madrid e ficou duas temporadas no gigante espanhol, tendo disputado 31 jogos e marcado um gol. Em 2011 fechou com o Benfica e se tornou ídolo do clube em três temporadas, com mais de 130 jogos disputados. Em 2014 foi para o Zenit e passou mais três anos na Rússia, com mais de 100 jogos disputados. Em 2016 assinou com o Valencia e ficou no clube até 2020, quando não renovou seu contrato.

Leia mais:
Mercado da Bola: Reunião decisiva pode encaminhar chegada de Thiago Mendes ao Flamengo