Ex-Vasco, primo de Messi e irmão de Maxi Biancucchi negocia com o Paysandu

Emanuel Biancucchi está livre no mercado desde que deixou o Vila Nova

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Instagram Emanuel Biancucchi

O Paysandu abriu conversas para tentar a contratação do meia-atacante Emanuel Biancucchi, primo do craque Lionel Messi, do Barcelona. O Torcedores.com apurou que o clube mantém cautela para oficializar uma proposta para o argentino de 32 anos.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Ainda segundo apurou a reportagem, o presidente Maurício Ettinger vem mantendo sucessivas conversas com o estafe do atleta e com o próprio Emanuel Biancucchi para mostrar a real situação financeira do Paysandu.

De acordo com fontes próximas ao jogador, a ideia da diretoria bicolor é contar com o argentino até o fim da Série C do Campeonato Brasileiro. Caso Emanuel Biancucchi e seus representantes concordem com os parâmetros, o Paysandu irá formalizar uma proposta.

A negociação, contudo, é tratado com cuidado devido às dificuldades financeiras do Paysandu. Afinal, Maurício Ettinger não pretende cometer nenhuma loucura para reforçar o elenco bicolor para a sequência da temporada.

Até o momento não há valores na mesa do dirigente pela contratação de Emanuel Biancucchi. Nos próximos dias, o Paysandu espera ter uma resposta do estafe dele para enviar ou não uma proposta ao jogador.

Emanuel Biancucchi está livre no mercado depois de seu vínculo com o Vila Nova. Ele, inclusive, foi um dos destaques do time colorado que conquistou a Série C do Campeonato Brasileiro em 2020.

Revelado pelo Newell’s Old Boys, Emanuel Biancucchi acumula passagens pelo Munique 1860-ALE, Independiente-PAR, Olímpia-PAR, Rúbio Ñú-PAR, General Díaz-PAR e Melgar-PER. No Brasil, atuou por Bahia, Vasco, Ceará e Vila Nova.

Alerta ligado

Antes de mais nada, o Paysandu tem pressa para contratar um camisa 10 para reforçar o elenco comandado por Vinícius Eutrópio. Após fracassar nas negociações com Bruno César e Cícero, Emanuel Biancucchi se tornou alvo real do Papão da Curuzu.

No entanto, é bom destacar que o argentino está inativo há seis meses. Ou seja, não disputa uma partida oficial desde janeiro. A última vez que entrou em campo foi na vitória do Vila Nova por 6 a 0 sobre o Goiânia pela Série C.

Em 2020, só para exemplificar, ele disputou 28 partidas sendo quatro no Campeonato Goiano, uma na Copa do Brasil e 22 na Série C do Brasileiro. Além disso, marcou quatro gols e totalizou 1.431 minutos em campo. 

LEIA MAIS: 

Paysandu desiste de contratar Bruno César e encerra negociação com ex-Vasco, Corinthians e Palmeiras 

Mercado da bola: Campeão da Libertadores é oferecido ao Paysandu, mas diretoria descarta contratação

Cláusula de produtividade e interesse europeu, são os entraves do Paysandu para fechar com Bruno César