Fernando Diniz detona VAR após empate do Santos: “Não sei para que serve”

Com bronca com a arbitragem, Santos empata em 2 a 2 com o Red Bull Bragantino

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Foto: Divulgação/Santos FC

O Santos tem fortes reclamações com a arbitragem após o empate de 2 a 2 contra o Red Bull Bragantino, neste domingo (18), pelo Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva, o treinador Fernando Diniz detonou o VAR, que resolveu por não anular o segundo gol do time da casa.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Não sei para que serve o VAR. Contra o América-MG, fomos muito superiores. No segundo tempo levamos um gol, tivemos um pênalti fácil de marcar pelo VAR. Hoje teve um lance em que o Lucas Evangelista falou dentro do campo que a bola bateu na mão dele. O VAR não tem como não ver, foi a origem do gol. É muito mais falta do que essas faltas que dão. Foi a origem do gol. Além do primeiro tempo abaixo, a arbitragem foi decisiva mais uma vez contra o Santos”, reclamou o treinador.

O lance em questão aconteceu na reta final do segundo tempo, quando a partida estava empatada em 1 a 1. Na origem do lance, a bola resvalou no braço do jogador do Bragantino; confira:

Com esse empate, o Santos soma 16 pontos e ocupa a décima posição do Brasileirão. O próximo jogo é contra o Independiente, pela Copa Sul-Americana, na quinta-feira (22), às 19h15 (de Brasília).

Análise de RB Bragantino x Santos

“Acho que o jogo foi agradável para quem gosta de futebol, mas a gente entrou no primeiro tempo desacelerado, parecido com o Independiente. No segundo tempo fomos mais agressivos, tivemos postura mais dinâmica, mais interessados em vencer”, declarou Fernando Diniz.

LEIA MAIS: 

Sul-Americana: Independiente vai entrar na justiça contra o Santos pela escalação de Kaio Jorge, que tinha três cartões acumulados
Mercado da Bola: Santos quer a contratação de colombiano que joga de lateral e zagueiro
Perto de ser negociado, Kaio Jorge é líder em participações de gols no Santos