Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Globo leva multa milionária do Procon por briga com torcida do Palmeiras

Globo tenta reverter a situação para não pagar a multa

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: Reprodução/Twitter

A Globo foi multada em R$ 9,9 milhões por não ter avisado aos assinantes do Premiere sobre a não transmissão do jogo entre Palmeiras e Athletico Paranaense. Os dois clubes não tinham acordo pelos direitos de transmissão do Brasileirão na ocasião. A informações foi noticiada hoje (23) pelo site Notícias da TV.

“A Globo alega abuso e entrou na Justiça para impedir o pagamento. O processo corre na Vara da Fazenda Pública da Capital do Tribunal de Justiça de São Paulo. Entre os argumentos para não pagar a multa, a empresa alega que avisou em seus sites de comunicação direta a falta de acordo com os dois clubes”, diz a publicação.

A emissora pede a suspensão da multa, com “prints do site do Premiere na época, com alertas sobre os jogos de Palmeiras e Athetico Paranaense” avisando o público. Além disso, a emissora culpa as operadoras de TV por assinatura pela demora no aviso aos assinantes.

“Naquele momento, diversos torcedores do Palmeiras denunciaram a emissora com a alegação de que não foram avisados formalmente pela Globo e por suas operadoras de que os jogos não seriam transmitidos. Argumentaram ainda que o valor da assinatura não deveria ser cobrado na íntegra. A tática foi uma forma que a torcida encontrou para ajudar o clube nas negociações pelos direitos de transmissão. Palmeiras e Globo entraram acordo em 23 de maio de 2019, algumas semanas depois do início do Brasileirão daquele ano. O Athletico até hoje não tem contrato para o pay-per-view”, explica o texto da reportagem.

Não há uma data prevista para o pedido da emissora ser julgado pela Justiça.

LEIA MAIS: