Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Grêmio ganha concorrência pesada por Hernani e “plano B” pode ser contratado

Hernani é o desejo principal da direção gremista, que é representada pelo CEO na Itália

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: Valerio Pennicino/Getty Images

O Grêmio está fazendo um grande esforço para fechar a contratação do meio-campista Hernani, do Parma-ITA, nas próximas horas. Contudo, os gaúchos ganharam dois grandes adversários na disputa: o Genoa-ITA e o Galatasaray-TUR. Para desenrolar o negócio, os tricolores apostam na presença de Carlos Amodeo, CEO do clube, que está na Itália para tratar também do assunto nesta semana.

Conforme as informações vindas da Europa, financeiramente o Grêmio corre por fora da disputa. O salário do meio-campista é elevado e os concorrentes possuem melhores condições de buscar um acordo com o Parma. Entretanto, os gremistas apostam no desejo do atleta de voltar ao futebol brasileiro e tentam viabilizar uma liberação por empréstimo. Hernani está com 27 anos e está no clube desde 2019. Segundo informações do portal Transfermarkt, o meia tem contrato com os italianos até metade de 2023, mas não deverá permanecer para o próximo ano pelo número de interessados.

Plano “B” encaminhado

A alternativa encontrada pelo Grêmio no mercado já está encaminhada. Caso os gremistas não conquistem a liberação de Hernani, o clube voltará seus esforços para Júnior Urso. O nome do volante de 32 anos, que defende atualmente o Orlando City, nos Estados Unidos, está na mesa dos dirigentes. Dessa forma, o departamento de futebol gremista já tem todas as informações para conquistar a liberação do atleta e considera financeiramente viável.

Conforme as informações, o Grêmio precisaria desembolsar uma quantia de 1,5 milhões de dólares pelo atleta. Além disso, Júnior Urso receberia um salário superior a R$ 400 mil mensais em Porto Alegre.

O tricolor gaúcho tem como objetivo realizar o anúncio de algum dos nomes até a próxima sexta-feira.

LEIA MAIS: