Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Hoje medalha para o Brasil, prática do Skate era proibida em São Paulo até 1988; saiba como mudou

Kelvin Hoefler trouxe a medalha de prata

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Jonne Roriz/COB

O Brasil conquistou sua primeira medalha nas Olimpíadas de Tóquio no Skate Street, com o paulista Kelvin Hoefler, que ficou com a prata e movimentou a web.

O que poucos sabem é que a prática do esporte era proibida em São Paulo até o ano de 1988, quando a prefeita Luiza Erundina foi eleita para o cargo de chefia do executivo e mudou a regra.

Após a medalha de prata de Hoefler, a atual deputada federal pelo PSOL foi às redes sociais e lembrou a atitude.

E a nossa primeira medalha na Olimpíada de Tokyo veio justamente do Skate, com o atleta Kelvin Hoefler. Hoje, um esporte olímpico, no passado, discriminado e proibido em São Paulo, que Erundina liberou! Parabéns Kelvinho!

Kelvin Hoefler fez passagem regular e lutou pelo pódio do início ao fim, chegando a estar na liderança no início da disputa. No fim, conseguiu uma nota 9,34 e garantiu a prata, ficando atrás do japonês Yuto Horigome e à frente do americano Jagger Eaton.

Favorito ao ouro, o também americano Nyjah Huston, octacampeão dos X-Games, ficou apenas em sétimo após uma sucessão de quedas.

Leia mais:
Olimpíadas: Kelvin Hoefler, do Skate, garante primeira medalha do Brasil em Tóquio

Santos comemora a primeira medalha brasileira: “é da nação santista!”