“Lamento por não ter tido um contato mais próximo dos torcedores”, diz Marcelo Cabo em despedida do Vasco

Marcelo Cabo teve o trabalho interrompido pela diretoria após a má campanha na Série B

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Rafael Ribeiro/ Vasco

Antes de mais nada, o empate do Vasco em 1 a 1 com o Náutico, no último domingo, pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, em São Januário, foi fundamental para a demissão do técnico Marcelo Cabo nesta segunda-feira.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Marcelo Cabo foi contratado em março pelo Vasco. Ele chegou ao clube com a missão de resgatar a dignidade do torcedor após mais um rebaixamento. Com ele no comando, o time fez boa campanha no Campeonato Carioca e conseguiu vaga nas oitavas da Copa do Brasil.

Nesse ínterim, comandou a equipe em 29 partidas, com 13 vitórias, 10 empates e seis derrotas. Em nota, o treinador se despediu do clube e lamentou o fato de não ter tido uma relação mais próxima com o treinador.

“Agradeço muito ao presidente Jorge Salgado, ao diretor executivo Alexandre Pássaro, a diretoria, comissão técnica, jogadores, funcionários e a toda torcida. Lamento por não ter tido um contato mais próximo dos torcedores que, por conta da pandemia, não puderam estar nos jogos. Desejo a melhor sorte ao clube na busca pelos objetivos”, disse o técnico.

O técnico deixou o clube após campanha abaixo das expectativas na Série B do Campeonato Brasileiro. Com 18 pontos, o Vasco ocupa a oitava colocação, dois a menos que o CRB, primeiro time dentro do G4 da competição.

Além de Marcelo Cabo, o Vasco também demitiu o auxiliar-técnico Gabriel Cabo e o preparador físico Fábio Melsert. Dessa forma, as próximas atividades serão comandadas por Fábio Cortez e Daniel Félix, ambos integrantes da comissão técnica do clube.

O favorito

Luiz Carlos Cirne Lima de Lorenzi, o Lisca Doido, é o favorito para comandar o Vasco na sequência da temporada. O treinador é um sonho antigo da atual diretoria. Ele, inclusive, era a primeira opção do clube antes da contratação de Marcelo Cabo.

Contudo, Lisca rejeitou o convite e decidiu seguir no América-MG. No entanto, o treinador foi demitido pelo Coelho devido aos maus resultados do time na Série A do Campeonato Brasileiro. Apesar do interesse do Vasco, ele diz ter ofertas de clubes do Oriente Médio.

LEIA MAIS: 

Benfica dispensa ex-atacante do Flamengo que disputou um jogo em quatro anos no clube 

E o novo técnico? Botafogo corre para anunciar acerto nesta segunda 

Mercado da bola: Atlético-GO negocia com ex-atacante do Flu que interessa a clube da Série B