Mercado da bola: Time da Série A abre negociações por Hernanes, mas técnico veta contratação

Meia já manifestou o desejo de continuar atuando por uma equipe do futebol brasileiro

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter (@cidovieira90)

Após o seu desligamento do São Paulo, o meio-campista Hernanes está livre no mercado para acertar com qualquer clube. O fato do experiente atleta não ter completado os sete jogos pelo Brasileirão viabiliza um acordo com clubes nacionais, e nos últimos dias, o jogador tem sido cotado em algumas equipes. Segundo informações do “GE”, o Cuiabá chegou a iniciar conversas para fechar com o ex-jogador do Tricolor, mas esbarrou em um entrave: a não liberação do técnico Jorginho.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Jorginho revelou ter conversado com uma pessoa próxima ao jogador e explicou a situação do Dourado, justificando que o time já tem uma média de idade alta, sem contar as várias opções de atletas para o setor onde o ex-São Paulo atua.

“Recebi uma ligação de uma pessoa ligada ao Hernanes, eu expliquei a nossa situação, nós temos um grupo que a idade média é bem alta, estamos tentando baixar essa média de idade. Eu gosto muito do Hernanes, foi um jogador nosso na Seleção”, disse Jorginho, que trabalhou com o meia quando era auxiliar técnico de Dunga na Seleção Brasileira.

Ainda segundo o portal, o Cuiabá chegou a acertar as bases salariais com o atleta, mas as tratativas não evoluíram e o negócio declinou.

“Temos cinco volantes nessa função. Volante, segundo volante, que é basicamente o que o Hernanes faz. Diante do que temos no elenco, se não tivéssemos tantos jogadores acima de 30 anos, com certeza a gente faria a escolha pelo Hernanes”, pontuou o comandante do Dourado.

Em entrevista ao programa “Bem, Amigos” na última segunda-feira (19), o experiente jogador revelou o desejo de seguir jogando o Brasileirão. A única exigência que o meia colocou foi acertar com um time que não esteja disputando várias competições simultaneamente.

“Já joguei vários campeonatos, a Série A da Itália, mas o Brasileirão tem uma magia legal. Gostaria muito de me encaixar num clube aqui no Brasil. Estou avaliando e pensando com cuidado”, disse o meio-campista.

LEIA MAIS: