Náutico supera Corinthians e atinge recorde histórico na Série B; veja números

Timba superou marca alcançada pelo Timão na temporada 2008 na disputa da segunda divisão nacional

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter (@cidovieira90)

Crédito: Tiago Caldas - Divulgação - Náutico

Detentor de uma campanha irretocável na disputa da Série B 2021, o Náutico atingiu um feito histórico na disputa do certame no formato de pontos corridos após ficar no empate com o Vasco neste domingo (18), em São Januário. Apesar do resultado ter sido considerado por muitos alvirrubros como amargo, uma vez que o time vencia por 1 a 0 até os acréscimos da partida, o ponto somado na bagagem fez que com o time de Hélio dos Anjos alcançasse a marca de 12 jogos invicto nos 12 primeiros compromissos, algo inédito em 18 anos de disputa, ultrapassando o Corinthians.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Até então, o Timão, em 2008, São Bento, em 2018, e Guarani, em 2009, haviam conseguido o feito de iniciar a Série B e sustentar 11 jogos de invencibilidade, algo atingido pelos pernambucanos na rodada passada, no empate de 1 a 1 com a Ponte Preta, em Recife. Com a nova igualdade, desta feita na Colina, o Timba agora passa a ser o dono da maior sequência de invencibilidade no certame.

Na temporada 2008, o Corinthians sobrou faturando 85 pontos, garantindo não só a volta para à elite, mas também o título da Série B. Naquela oportunidade, o alvinegro só veio cair na 12ª rodada, quando perdeu para o Bahia, por 1 a 0, em São Paulo.

Passados 12 compromissos da Série B 2021, o Náutico segue na liderança com 26 tentos somados e tem o Coritiba no seu encalço. O Coxa Branca possui um jogo a menos a cumprir contra o Brusque, podendo assim ultrapassar o Timba na tábua de classificação.

Após superar Timão, Guarani e São Bento, o Náutico volta a campo já nesta quarta-feira (21), às 21h30 (de Brasília), quando recebe o Brasil de Pelotas, nos Aflitos.

LEIA MAIS: