Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olimpíadas: Maria Suelen Altheman perde nas quartas do judô e se lesiona

Brasileira levou um wazari da francesa Romane Dicko. Judoca lesionou o joelho e saiu imobilizada. Classificada à repescagem, ela está fora da disputa

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Crédito: TOKYO, JAPAN - SEPTEMBER 01: Maria Suelen Altheman (blue) of Brazil and Munkhtsetseg Otgon (white) of Mongolia compete in the Women's +70kg of the Mixed Team Competition bronze medal match between Mongolia and Brazil on day eight of the World Judo Championships at the Nippon Budokan on September 01, 2019 in Tokyo, Japan. (Photo by Kiyoshi Ota/Getty Images)

Maria Suelen Altheman estava confiante para conquistar o seu primeiro pódio olímpico no judô. Se na estreia venceu a eslovena Anamari Velensek, nas quartas de final a brasileira viveu um drama. A atleta foi superada pela francesa Romane Dicko, com um wazari, quando sentiu o joelho e bateu para encerrar a luta. O árbitro confirmou o ippon para francesa na categoria acima de 78kg, enquanto Suelen sentia muitas dores e pediu atendimento médico.

A judoca sofreu uma lesão no joelho e precisou ser imobilizada para ser retirada do dojo. A Confederação Brasileira de Judô confirmou que Suelen está fora da repescagem. Ela foi encaminhada para fazer exames em um hospital de Tóquio.

“Maria Suelen Altheman sentiu lesão no joelho esquerdo durante o combate de quartas-de-final contra a Romane Dicko e, após avaliação do departamento médico da seleção, não terá condições de lutar a repescagem. Ela passará por exames de imagem ainda nesta sexta, 30, em Tóquio”, disse o perfil da CBJ.

+Olimpíadas: Rafael Silva leva três shidos, perde e vai para repescagem no judô

Terceira Olimpíada

Apesar de perder a chance de um pódio olímpico, ainda não está descartada a presença da judoca na disputa por equipes. A competição será na noite desta sexta-feira (30).

Maria Suelen está em sua terceira Olimpíada. Em Londres 2012 ficou em quinto lugar, enquanto na Rio 2016 foi nona. No Campeonato Mundial, disputado em Budapeste, na Hungria, em junho, ela foi medalha de bronze. No Mundiais de 2018 e 2019, tinha ficado em quinto lugar.

LEIA MAIS:

Lenda do judô, Teddy Riner perde nas quartas e disputa repescagem pelo bronze contra Baby

Balanço do dia: mulheres fazem história para o Brasil nas Olimpíadas

Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo