Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olimpíadas: Rafael Silva leva três shidos, perde e vai para repescagem no judô

O brasileiro não conseguiu se impor contra o georgiano Guram Tushishvil. Agora, Baby vai enfrentar o bicampeão olímpico Teddy Riner na repescagem

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Crédito: Chris Graythen / Getty Images

Focado em disputar à final olímpica, Rafael Silva só pensava na segunda vitória no judô em Tóquio 2020. O brasileiro retornou ao dojo da Arena Nippon Budokan para enfrentar o georgiano Guram Tushishvili, campeão mundial em 2018. Mas sem conseguir impor seu jogo, Baby perdeu a luta depois de receber três shidos (punições).

Agora, Baby terá a maior pedreira no caminho pelo ouro: o russo Tamerlan Bashaev, atual líder do ranking. Ele despachou nada menos que o bicampeão olímpico, o francês Teddy Riner. O brasileiro segue em busca da sua terceira medalha olímpica consecutiva. Se conseguir o pódio, ele vai se igualar à Mayra Aguiar, que somou três bronzes nos últimos três Jogos Olímpicos.

Ippon na estreia

A estreia de Baby foi suada em Tóquio 2020. O brasileiro encarou Ushangi Kokauri, do Azerbaijão, e conseguiu um ippon no Golden Score. Rafael Silva começou a luta pressionando Kokauri e tentando encaixar a perna para golpear.

No entanto, o azeri tentava sempre manter Baby longe. Com dois minutos e meio de luta, o brasileiro levou um shido (punição) por falso ataque. A decisão foi para o Golden Score. O brasileiro parecia muito cansado e chegou a receber um segundo shido. Quando parecia estar mal na luta, Baby surpreendeu Kokauri e aplicou um ippon inesperado.

Pouca ação na segunda luta

Nas quartas de final, Rafael Silva reencontrou um velho conhecido: Guram Tushishvili, da Geórgia. O rival dominou o brasileiro dominou durante todo o combate, sem dar chances para Baby tentar algum golpe.

Tushishvili também não aplicou nenhum golpe. Porém, conseguiu dominar com a sua pegada a luta toda. Com dois shidos no tempo normal, Baby foi mais pressionado para o Golden Score. Logo no início do combate, ele levou um terceiro shido e declarado perdedor da luta.

LEIA MAIS:

Balanço do dia: mulheres fazem história para o Brasil nas Olimpíadas

Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo

Olimpíadas: A agenda do dia 29/30 de julho, com estreia do atletismo e muitos brasileiros em ação

Rebeca ainda pode ganhar mais duas medalhas: veja datas e horários das finais da ginástica