Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olimpíadas: Pelé homenageia Rayssa Leal após medalha de prata: “Você me enche de orgulho”

Prata nos Jogos Olímpicos, atleta de 13 anos recebe homenagem de Pelé e responde: “Zerei a vida”

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Crédito: Divulgação / Twitter oficial / Rayssa Leal

A conquista da medalha de prata por Rayssa Leal tomou grande repercussão nesta segunda-feira (26). A skatista de 13 anos fez história ao se tornar a atleta brasileira mais jovem a ser medalhista em Jogos Olímpicos. Ela recebeu homenagem de Pelé, o Rei do Futebol, que também se rendeu à ‘Fadinha’.

“‘Era uma vez uma menina que amava o seu skate e tinha um sonho.’ E assim começa um verdadeiro Conto de Fadas que fez todos os brasileiros sorrirem hoje. @rayssalealsk8, você me enche de orgulho. Você é realmente uma ‘Fadinha’, que nos faz acreditar que até os sonhos mais difíceis podem se tornar realidade”, escreveu Pelé em suas redes sociais.

Rayssa agradeceu a mensagem de Pelé e disse que “zerou a vida” pelos elogios do eterno camisa 10. Ronaldinho Gaúcho também foi mais um a se pronunciar após a vitória da skatista: “Esse sorriso conquista o mundo”.

Novo fenômeno do esporte brasileiro, a “Fadinha” fez grande final de competição e somou 14.91 pontos para conquistar a prata. A japonesa Momiji Nishiya ficou com 15,26 pontos e levou a medalha de ouro, enquanto Funa Nakayama fechou o pódio. A skatista de 13 anos falou após fazer história:

“Não caiu a ficha ainda de poder representar o Brasil e ser a das mais nova a poder ganhar uma medalha. Eu estou muito feliz e este dia vai ser marcado na história”, disse Rayssa Leal

LEIA MAIS:

Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo
Leal aparece em ‘stories’ de Tony Hawk e dá novo apelido
Rayssa se emociona com medalha nas Olimpíadas: “não caiu a ficha”
Fadinha do Skate se torna a medalhista olímpica mais nova da história brasileira; saiba quem é Rayssa Leal, prata em Tóquio