Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Pódio do skate com Rayssa Leal é o mais novo da história das Olimpíadas

Brasileira de 13 anos conquistou a medalha de prata na modalidade Street nos Jogos Olímpicos. A média de idade no pódio da maranhense foi de 14 anos

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Crédito: Wander Roberto/COB

A brasileira Rayssa Leal entrou duplamente na história das Olimpíadas. Além de ser a primeira mulher a ganhar a medalha de prata no skate street, a maranhense também formou o pódio mais jovem da história. Fadinha, que tem 13 anos e 203 dias, só perdeu o ouro para japonesa  Momiji Nishiya, de 13 anos e 329 dias.

A outra atleta que completou o pódio foi a também japonesa Funa Nakayama, de 16 anos, que levou o bronze. Ao somar as idades das três medalhistas no street, a média de idade é de apenas 14 anos.

Na história olímpica do Brasil, Rayssa é a atleta mais jovem a subir em um pódio. Antes dela, o título era da velocista Rosângela Santos, que conquistou o bronze no revezamento 4×100 em Pequim 2008. Na época, a corredora tinha apenas 17 anos.

+Rayssa se emociona com medalha nas Olimpíadas: “não caiu a ficha”

Reconhecimento

Ao lado de Letícia Bufoni, ela protagonizou momentos marcantes em Tóquio. Depois de conquistar a medalha, a jovem recebeu homenagens de diveras personalidades do esporte, inclusive o Rei Pelé.

LEIA MAIS:

Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo

Rayssa Leal aparece em ‘stories’ de Tony Hawk e dá novo apelido

Medalhista olímpica e sensação da internet, Rayssa joga futebol por clube da Série A; confira