Presidente do Cruzeiro diz que Felipão pediu Willian e mais três nomes para permanecer no clube

Um dos pedidos de Felipão vem sendo treinado pelo técnico no Grêmio

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Reprodução/ Palmeiras

Atualmente no Grêmio, Felipão dirigiu a equipe do Cruzeiro na Série B da temporada passada. O treinador deixou o time mineiro três meses depois de assumir o cargo. Em áudio vazado na última segunda-feira (13), o presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, disse que Felipão pediu um pacotão de reforços para permanecer na Raposa.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Entre os nomes, estava dois jogadores do Palmeiras, Willian Bigode e Deyverson.

“Por exemplo, o negócio do Felipão. Ele me pediu (Willian) Bigode, Deyverson, Júnior Urso e Thiago Santos”, disse

Os pedidos podem ter causado um desgaste entre o treinador, que queria jogadores competitivos para tentar voltar a elite e o Cruzeiro, que não tinha dinheiro. Segundo o presidente, os quatro reforços custariam  $3 milhões ao clube.

Os quatro juntos davam R$3 milhões. Se alguém pagar, eu trago. Eu tinha eles todos na mão para trazer, mas não tinha dinheiro para pagar. Essa é a grande dificuldade. Eu sei que a gente precisa de reforço e estou correndo atrás para caralho”, afirmou

Depois de sair do Cruzeiro, Felipão ficou seis meses parado e assumiu o Grêmio na semana passada. Inclusive, um dos reforços pedidos pelo treinador, está sendo treinado por ele no Tricolor. Thiago Santos, que defendia o Dallas, foi contratado pelo time gaúcho em abril deste ano.

LEIA MAIS:

Voo de Messi atrasa por suspeita de bomba em aeroporto na Argentina

Mercado da bola: 9 jogadores podem deixar o Santos no decorrer da temporada

Felipão liga para Paulinho, mas jogador tem preferência no mercado

Mercado da bola: titular do Ceará é alvo de clube da Série A

Diretoria do Grêmio abre o jogo sobre possível interesse em trio do Palmeiras