Proposta de volta do público aos estádios avança em Porto Alegre, e Grêmio explica posicionamento em nota oficial

Projeto passou pela Câmara dos Vereadores de Porto Alegre e já agita as direções de Grêmio e Internacional

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Eduardo Caspary/Torcedores.com

Com o avanço da vacinação e a redução do número de internações por Covid-19 nas últimas semanas, Porto Alegre está estabelecendo um plano gradual de retorno de atividades e a volta do público aos estádios está na pauta, o que já poderia acontecer na próxima semana. Depois da liberação da Conmebol no domingo (11), foi aprovado na quarta-feira na Câmara de Vereadores um projeto que libera a presença de público nos jogos realizados na capital com uma série de atenuantes como vacinação, máscara, distanciamento e número controlado de até 25% da capacidade.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O Grêmio, por meio de sua assessoria de imprensa, enviou nota oficial ao site GZH explicando o seu posicionamento e defendendo “isonomia” no sentido de que a liberação, para não gerar desequilíbrio técnico, deveria ser em todas as cidades que têm times disputando os atuais campeonatos.

“O Grêmio se posiciona em favor da isonomia entre todos os clubes. Ou seja, se houver a condição necessária do ponto de vista sanitário para a volta do públicos aos estádios em todas as praças dos respectivos clubes envolvidos no campeonato, estaremos de acordo. Caso contrário, se houver diferenciação, teremos prejuízo técnico”, diz o clube.

O texto do vereador de Porto Alegre Mauro Pinheiro (PL) estipula que estará liberada a ocupação de até 25% da capacidade dos estádios de Porto Alegre – cerca de 10 mil pessoas na Arena e no Beira-Rio. Fica faltando ainda a sanção do prefeito Sebastião Melo, o que não deverá ser problema, já que ele já se mostrou flexível ao tema.

Em um primeiro momento, a ocupação só seria para torcedores já vacinados, que apresentem a carteira de vacinação com o “ciclo vacinal” completo – esta foi uma emenda da vereadora Cláudia Araújo (PSD). Além disso, os ocupantes precisariam obedecer às normas de distanciamento de dois metros, exceção feita àqueles da mesma família. O uso de máscara seguirá obrigatório.

Confira o cronograma da prefeitura de Porto Alegre sobre retomada de eventos*

  • 19/07/2021 a 01/08/2021
    Ocupação máxima de 50% autorizada no alvará ou PPCI e limite de mil pessoas
  • 02/08/2021 a 15/08/2021
    Ocupação máxima de 50% autorizada no alvará ou PPCI e limite de 5 mil pessoas
  • 16/08/2021 – 29/08/2021
    Ocupação máxima de 75% autorizada no alvará ou PPCI e limite de 10 mil pessoas
  • 30/08/2021 – 26/09/2021
    Ocupação máxima de 75% autorizada no alvará ou PPCI e limite de 20 mil pessoas
  • 27/09/2021 até esquema de vacinação completo de 70% da população total
    Ocupação máxima autorizada no alvará ou PPCI

* Eventos seriam liberados mediante autorização do município sede, testagem obrigatória no momento da entrada e exigência de esquema vacinal completo a partir de 27/09.