River não aproveita chances e empata com Arg.Juniors no Monumental

River Plate saiu na frente, mas não aproveitou as melhores chances e acabou cedendo empate para o Argentinos Juniors no jogo de ida pela Libertadores

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Conmebol Media

River PlateRiver Plate 1-1 Argentinos Juniors Argentinos Juniors
Conmebol Libertadores 2021 - Oitavas de Final (Ida)

River Plate e Argentinos Juniors empataram por 1 a 1 nesta quarta-feira (14) em jogo disputado no Monumental de Nuñez que abriu o confronto argentino válido pelas oitavas de final da Libertadores.

O Argentinos Juniors tentou pressionar o River e deixou o início do jogo bem aberto e movimentado, mas os espaços cedidos ajudaram para que Matías Suárez abrisse o placar rapidamente para a equipe da casa.

No restante do primeiro tempo, o River cresceu e acumulou chances para ampliar, mas acabou desperdiçando. Quando teve uma nova oportunidade, o Argentinos Juniors aproveitou e Hauche empatou o jogo.

Devido às estratégias no segundo tempo, o River controlou a posse, mas acabou construindo pouco e quase sofreu o gol da virada nos minutos finais.

O jogo de volta será disputado no Estadio Diego Armando Maradona na próxima quarta-feira (21), a partir das 21h30 pelo horário de Brasília.

Primeiro tempo

O jogo começou bem movimentado, principalmente pela estratégia do Argentinos Juniors que tentava pressionar o River com marcação avançada, mesmo jogando fora de casa.

As primeiras tentativas foram da equipe visitante, em jogadas construídas por Ávalos. Na primeira, a arrancada pela esquerda foi cortada por Martínez na cobertura. Na segunda, conseguiu o cruzamento rasteiro, mas a defesa cortou. Na sobra, Sandoval se esticou e não conseguiu alcançar.

Para o River, a paciência era notável com muita troca de passes. Aos 8′, ameaçou com Milton Casco chegando na linha de fundo pela esquerda para receber de Brian Romero na área, cabeceando fraco na meta do gol.

Na segunda jogada de impacto, o River conseguiu abrir o placar. Pablo Díaz lançou Romero na área, ganhando da marcação para deixar na pequena área onde Matías Suárez, com liberdade, escorou para o gol.

Com isso, o River optou por tentar fazer valer novamente a velocidade de seus jogadores para conseguir ampliar no contragolpe. Aos 18′, em tomada de bola, Lucas Chaves interceptou o cruzamento no soco e Suárez quase marcou o segundo, mas o goleiro adversário defendeu bem.

Percebendo o cenário, o Argentinos Juniors decidiu não adiantar mais as linhas de marcação para o campo de ataque, mas ainda cedia algumas oportunidades de contra-ataque.

Suárez teve a terceira chance de marcar gol aos 24′ ao receber bola na medida dentro da grande área. Mas acabou sendo travado por Mac Allister no momento do chute.

Depois de alguns minutos amarrados, o River desperdiçou outro gol. Aos 36′, mais uma saída perigosa de contra-ataque foi iniciada com Brian Romero. Ao receber na ponta direita, deixou Suárez frente a frente com o goleiro livre na grande área, mas a conclusão foi ruim e Chaves defendeu tranquilamente.

“Quem não faz leva”. Um dos maiores ditados do futebol mundial foi aplicado aos 40′. Gómez cruzou pela esquerda e Sandoval tocou para o centro da área. Hauche aproveitou e cabeceou no fundo do gol, empatando para o Argentinos Juniors.

 

Segundo tempo

O cenário mudou e o River começou ditando o ritmo no segundo tempo, encarando um Argentinos Juniors mais recuado. Na primeira chance aos 6”, Nico De La Cruz cobrou falta com desvio e a bola parou por cima do gol.

A equipe adversária tentou responder com Elias Gómez cruzando do meio-campo direto para a grande área, mas a bola parou direto no goleio Armani.

Aos 16′, o River retomou ao ataque. Montiel cruzou pela direita e a bola passou pela grande área até parar em Milton Casco no outro lado. Em novo cruzamento, a defesa conseguiu cortar tranquilamente.

Gallardo acabou notando que o River passou a ter mais a bola, mas estava pouco efetivo. Por isso, fez três alterações. Fernández, Carrascal e Anglieri entraram nos lugares de Palavecino, Suárez e Casco. Pouco  depois,  Girotti entrou no lugar de Romero.

Depois das alterações, o Argentinos Juniors quase virou em falha bizarra na saída de jogo cometida por Enzo Pérez aos 34′. Reniero pegou de fora da área e arriscou em bola que passou à direita.

Aos 42′, Girotti teve grande chance e desperdiçou. Por fim, já nos acréscimos,  o Argentinos quase venceu com Enzo Pérez salvando o River depois de Elías Gómez dominar dentro da área.

 

FICHA TÉCNICA
RIVER PLATE 1-1 ARGENTINOS JUNIORS

Data: 14/07/2021, 21:30
Estádio: Monumental
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (Brasil)

Gols: 1T 10′ Matías Suárez (River); 1T 39′ Hauche (Argentinos)

Substituições – River: Fernández (Palavecino); Carrascal (Suárez); Anglieri (Casco); Girotti (Romero); Paradela (Nico de la Cruz)

Substituições – Arg.Juniors: Reniero (Ávalos); Coronel (Hauche); Cabreba (Florentín)

River Plate (4-3-3):  Franco Armani; Gonzalo Montiel, Paulo Díaz, Héctor Martínez, Milton Casco; Agustín Palavecino, Enzo Pérez, Nicolás De La Cruz; Julián Álvarez, Matías Suárez e Braian Romero. Técnico: Marcelo Gallarco

Argentinos Juniors (3-5-2): Lucas Chaves; Kevin Mac Allister, Miguel Torrén, Carlos Quintana; Jonathan Sandoval, Jonathan Gómez, Franco Moyano, César Florentín, Elías Gómez; Gabriel Ávalos e Gabriel Hauche. Técnico: Gabriel Milito

 

LEIA MAIS