Mercado da bola: São Paulo não recebe resposta de time uruguaio e vê Calleri distante

Situação com Calleri depende de resposta por parte do Deportivo Maldonado, do Uruguai

Rubens Melo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Friedemann Vogel/Getty Images

O São Paulo segue no aguardo de uma resposta por parte do Deportivo Maldonado. Só com o aval do clube uruguaio será possível concretizar o retorno de Calleri ao Tricolor. Numa tentativa de obter retorno, a diretoria do São Paulo estipulou um prazo ao clube uruguaio.

O clima no Morumbi é de pessimismo diante da situação, mesmo com o interesse no atacante pelo retorno. Segundo o ge.globo, o problema são os valores oferecidos pelo São Paulo que não agradam os empresários que gerem a carreira de Calleri. Além disso, estes mesmos empresários acreditam que ainda há mercado para o atacante argentino de 27 anos no futebol europeu.

O São Paulo por sua vez, não tem intenção de aumentar os valores oferecidos para trazer o atleta ao clube. O clube pode inclusive, nesta sexta-feira, declarar uma posição mediante à situação travada da negociação.

O contrato de Calleri com sua agência atual vai até o final de 2022. O grupo de empresários – que tem vínculo com o Deportivo Maldonado, já emprestou Calleri a vários clubes do futebol espanhol como Las Palmas, Alavés, Osasuña e Espanyol. O atleta, até então, fica a mercê de uma resposta por parte dos agentes responsáveis por seu passe.

SITUAÇÃO DO SÃO PAULO

O São Paulo atualmente ocupa a 14ª posição do Brasileirão Série A, com 14 pontos ganhos. Pela Libertadores, o Tricolor acabou empatando com o Racing em casa por 1 a 1, na partida de ida das oitavas de final. O próximo compromisso do Tricolor acontece neste sábado (17), às 17h, em casa diante do Fortaleza. A partida é válida pela 12ª rodada do Brasileirão Série A.

VEJA TAMBÉM: 

Mercado da Bola: Jaílson é sondado por outros clubes e define seu futuro nesta temporada

Jean se emociona em redes sociais se despedindo do Palmeiras; assista

Mercado da bola: São Paulo encaminha empréstimo de atacante para time da Série A