Zico revela convite para Renato Gaúcho e projeta trabalho do técnico no Flamengo

Galinho também comentou primeiro jogo do treinador à frente do Flamengo

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Em seu canal no YouTube, Zico analisou a chegada de Renato Gaúcho no Flamengo. Escolhido para assumir o lugar de Rogério Ceni, o profissional terá a missão de recolocar o clube carioca nos eixos na atual temporada, missão que começou em um jogo de Libertadores. Dessa forma, o Galinho citou que fez um convite para o ex-jogador no início da sua carreira como treinador, e acredita que vai existir um grande sucesso em sua nova empreitada.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“A primeira pessoa a fazer um convite para o Renato ser técnico fui eu quando o CFZ (Centro de Futebol Zico) estava na segunda divisão do Rio de Janeiro, e ele parou. Ele acabou indo para o Madureira e seguiu a carreira dele. O Renato está preparado para seleção brasileira porque tem conhecimento, seus times têm uma maneira de jogar. É um cara irreverente, mas muito profissional e direto. Um dos grandes profissionais que eu trabalhei (…). O que eu espero dele é titulo. É um cara que está acostumado a levantar taças“, declarou.

Apesar disso, Zico identificou algumas falhas no primeiro jogo de Renato comandando o Flamengo. Sendo assim, as principais peças do time vão precisar se adaptar ao estilo do técnico, algo que ficou vidente no confronto diante do Defensa y Justicia.

“Eu acho que sempre foi um dos trunfos (recuperar jogadores), mas temos que analisar que o pessoal faz muita comparação. Como jogava o Grêmio quando foi campeão? Jogadores mais fixos em suas posições. No Flamengo, com Everton e Arrascaeta, a mudança é muito grande porque há espaço no meio… O Renato sempre jogou com os caras abertos. O Flamengo tem um costume pro Arrascaeta jogar pelo meio. Quando se joga perto do centroavante, não se tem mais espaço. Então, o Renato vai ter que conscientizar os jogadores como ele quer que jogue“, completou.

LEIA MAIS