Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Daniel Alves rebate críticas por ter escolhido disputar os Jogos Olímpicos: “O São Paulo falhou muito comigo”

Daniel Alves lembrou que ajudou o Tricolor a encerrar o jejum de títulos e afirmou ser um “atleta do mundo”

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Depois de conquistar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o experiente lateral-direito Daniel Alves, que chegou ao 42º título na carreira, rebateu as críticas que recebeu por ter escolhido defender a seleção brasileira sub-23 nas Olimpíadas, desfalcando o São Paulo em jogos do Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. O camisa 10 do Tricolor paulista desabafou, e fez questão de lembrar que o clube do Morumbi já falhou com ele em diversas oportunidades.

“Não acho que abandonei o São Paulo, muito pelo contrário, estou representando o São Paulo também. Quando cheguei no São Paulo, deixei bem claro que ia devolver o São Paulo para o mundo, o mundo ia começar a falar do São Paulo, porque o mundo me tinha, ou porque o São Paulo me tinha. Eu sou um atleta do mundo, e sempre representando os clubes que estou”, disse Daniel Alves em entrevista ao UOL Esporte.

“O São Paulo falhou muito comigo e era um momento que eu tinha de escolher pelo São Paulo e por defender meu país, e sempre vou representar meu país e por tabela representar o time. As pessoas falam porque não conhecem minha dedicação, entrega e respeito com o São Paulo, sendo que o São Paulo muitas vezes falhou comigo, e eu não falho com o São Paulo”, avaliou o jogador.

Daniel Alves também citou que ajudou a tirar o São Paulo da fila de títulos, como havia prometido em sua chegada ao clube, em 2019, com a conquista do Campeonato Paulista de 2021 diante do Palmeiras. “A única coisa que eu quis foi realizar meu sonho de jogar no São Paulo. Quando a torcida foi me receber, e sou muito grato a tudo isso, a única coisa que falei é que nós, juntos, íamos tirar o São Paulo da fila, e nós, dentro do São Paulo, conseguimos tirar o São Paulo da fila. Assim como eu respeito o São Paulo, peço que o São Paulo me respeite, porque tudo que eu faço pelo São Paulo não está ao alcance do que o São Paulo faz por mim”.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS:
São Paulo mantém marca histórica nas Olimpíadas com Daniel Alves
Seleção Olímpica conquista o bicampeonato em Tóquio e deixa legado importantíssimo para o futuro do nosso futebol

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes