Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fenômeno em Tóquio, Sky Brown confessa que deseja competir no skate e surfe nas Olimpíadas de Paris

Bronze no skate park em Tóquio, a atleta britânica de 13 anos tem planos ousados para Paris-2024

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: (Photo by Ezra Shaw/Getty Images)

Sky Brown fez história ao conquistar a medalha de bronze aos 13 anos nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nas Olimpíadas de Paris, em 2024, ela tem planos ousados: além do skate park, a britânica deseja competir no surfe.

“É definitivamente possível, mas eu sei que vai ser difícil. Mas eu amo surfar, amo o skate, o surfe e o skate vão ser divertidos. Honestamente, ir para Paris seria ótimo, é um dos meus países favoritos. E também em Fiji (onde será disputado o surfe nas Olimpíadas), seria maravilhoso”, revelou ela, em entrevista ao Sky Sports.

Uma das melhores skatistas do mundo já aos 13 anos, Sky Brown ama praticar o surfe e frequentemente pega sua prancha para fazer manobras também no mar.

Ela é filha de uma japonesa com um britânico e nasceu em Miyazaki, no Japão. Aos 10 anos começou a se destacar com recordes, ganhou fama no skate e logo se tornou uma grande estrela. Ano passado, a atleta do skate park sofreu um grave acidente e correu riscos de encerrar sua carreira, mas deu a volta por cima para fazer história.

A japonesa Kokona Hiraki foi medalhista de prata aos 12 anos, enquanto Sakura Yosozumi, de 19, ficou com o ouro. O skate feminino vem sendo dominado por jovens atletas, que teve Rayssa Leal sendo pódio ao lado de Momiji Nishiya (ambas com 13 anos) no street.

LEIA MAIS SOBRE SKY BROWN:

Da queda ao bronze olímpico: Sky Brown teve acidente que quase encerrou sua carreira em 2020
Olimpíadas: Dora Varella e Yndiara Asp terminam sem medalha no skate park; Yosozumi leva o ouro