Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Luxemburgo no Cruzeiro: Saiba o que falta para o treinador assinar com a Raposa

Vanderlei Luxemburgo está sem clube desde que deixou o Vasco em fevereiro de 2021

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Cruzeiro

O Cruzeiro mira a contratação de Vanderlei Luxemburgo como novo treinador para o lugar de Mozart Santos. O Torcedores.com apurou que as conversas estão avançadas, mas faltam pequenos detalhes contratuais que ainda impedem o retorno do treinador.

Segundo apurou a reportagem, o presidente Sérgio Santos Rodrigues aceitou o pedido do treinador que deseja um contrato até dezembro de 2022. As principais cláusulas do acordo já estão alinhadas. Agora, falta apenas a parte econômica do acerto.

Alguns termos ainda geram discordância entre a diretoria celeste e o estafe do treinador. Uma delas é a exigência de premiação por acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, liberação do treinador em caso de proposta do exterior e autonomia para reformular a comissão técnica.

Ele pretende levar seis profissionais para o Cruzeiro: Antônio Lopes Júnior (auxiliar técnico), Maurício Copertino (auxiliar técnico), Alexandre Graselli (auxiliar técnico), Antônio Mello (coordenador da preparação física), Mauro Britto (preparador físico) e Raúl Sant’Anna (preparador de goleiros).

Os detalhes da negociação estão sendo tratados pelo executivo de futebol Rodrigo Pastana e integrantes do departamento jurídico do Cruzeiro. Enquanto isso, Vanderlei Luxemburgo está acompanhando à distância todos os passos das tratativas.

Luxemburgo tenta unir dirigentes do Cruzeiro

De acordo com fontes próximas à negociação ouvidas pelo Torcedores.com, Vanderlei Luxemburgo tem pressa para assumir o Cruzeiro. Afinal, o treinador ainda vê chances de o clube conseguir o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro.

No fim da noite deste domingo (1), o treinador conversou por cerca de três horas o empresário Pedro Lourenço, principal parceiro comercial do Cruzeiro, a fim de reduzir a barreira existente entre ele e Sérgio Santos Rodrigues.

A relação entre Pedrinho e Sérgio azedou após o empresário não concordar com algumas decisões da diretoria. Ele se opôs, inclusive, as contratações do executivo Rodrigo Pastana e do técnico Mozart Santos.

Após a demissão de Felipe Conceição em junho, Pedro Lourenço tentou costurar um acordo para levar Vanderlei Luxemburgo ou Dorival Júnior para a Toca da Raposa. No entanto, Sérgio Santos Rodrigues se opôs a contratação do treinador.

Com pensamento contrário, Pedro Lourenço rompeu com o presidente e desde então não vive mais o dia a dia do clube. Hoje, a relação entre Pedrinho e o Cruzeiro e meramente comercial. Ou seja, ele se limita a pagar as cotas mensais de patrocínio.

Sabendo que Pedro Lourenço tem condições de empenhar dinheiro para reforçar o elenco, Vanderlei Luxemburgo tenta “unir as pontas” a fim de comandar a reação do Cruzeiro na Série B. 

LEIA MAIS: 

Grêmio traça engenharia financeira para contratar Carlos Vinícius; valores estão fora da realidade do clube 

Coronavírus: Remo afasta atacante por presença em festa clandestina na pandemia pela quarta vez 

Mozart Santos entrega o cargo e não é mais técnico do Cruzeiro; Luxemburgo é o favorito