Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após Neymar oferecer a 10, Messi define número no PSG, mas pode ter problema com a Ligue 1

Atacante argentino foi anunciado oficialmente como reforço do PSG nesta terça-feira. Neymar e Mbappé permaneceram com os números 10 e 7, respectivamente

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Reprodução/Arte Torcedores

O atacante Lionel Messi será o novo jogador do Paris Saint-Germain nesta nova temporada. Com tantas estrelas no elenco francês, o argentino teve a camisa de número 10 cedida por Neymar, mas, em vídeo de apresentação do meia, é possível ver que nem o brasileiro e nem Mbappé tiveram mudanças.

A dúvida ficou por conta de dois números que marcaram os primeiros passos de Messi na carreira. O argentino usou a “30” entre 2004 e 2006, enquanto a “19” foi utilizada entre 2006 e 2008, além de ser a da estreia pela seleção da Argentina.

De acordo com o jornal argentino “TyC Sports“, o atleta retornará a usar a camisa 30 no PSG. O problema é que o número 30 é reservado para goleiros no Campeonato Francês. A imprensa europeia garante que o PSG tenta abrir uma exceção com a Ligue 1 para Lionel Messi conseguir usar a camisa.



Antes da apresentação oficial do argentino na equipe francesa, Neymar comemorou o retorno da dupla que fez sucesso no Barcelona. A dupla chegou perto de retornar outras vezes durante as últimas temporadas.

Neymar tentou deixar o Paris Saint-Germain e voltar ao Barcelona meses atrás, mas a crise no clube da Catalunha e o bom momento na França acabaram impedindo que o brasileiro voltasse a formar dupla com Messi na Espanha.

Porém, agora o cenário foi muito diferente. O Barcelona não conseguiria pagar nem metade do salário de Lionel Messi por causa do Fair-Play Financeiro de La Liga. Livre no mercado, o argentino demorou pouco tempo para entrar em acordo com o PSG e deve ser anunciado ainda nesta terça-feira para formar dupla com Neymar.