Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Saída de Borja no Palmeiras evita dor de cabeça para Abel na Libertadores

Atacante colombiano tem negociação avançada para ser emprestado pelo Palmeiras ao Grêmio

Marcel Thomé
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

O Palmeiras deve oficializar em breve a transferência do colombiano Miguel Borja por empréstimo para o Grêmio. Com a saída do centroavante, o clube alviverde evita uma dor de cabeça ao técnico Abel Ferreira.

Se Borja não fosse negociado, o treinador português e sua comissão técnica teriam de deixar de fora da disputa da Libertadores um dos jogadores que chegaram ao clube entre reforços e retornos.

LEIA TAMBÉM: Mercado da bola: Palmeiras fecha contratos com zagueiro e goleiro

Com a volta do colombiano e as contratações dos laterais Joaquín Piquerez e Jorge e do meio-campista Matheus Fernandes, o clube tinha quatro novos jogadores no elenco, mas só poderia inscrever três deles na próxima fase da Copa Libertadores.

O regulamento da Libertadores 2021, na fase de quartas de final, prevê que os clubes participantes podem promover apenas três trocas entre os jogadores que já estavam inscritos.

Agora os três que chegaram ao Verdão poderão ser inscritos nas vagas de Matías Viña (vendido à Roma-ITA), Marcelinho (transferência para o Vasco) e Lucas Esteves (emprestado ao Colorado Rapids-EUA).

Nas oitavas de final, os clubes na Libertadores puderam trocar quatro atletas e o Palmeiras inscreveu Michel, Pedrão (já deixou o clube novamente), Dudu e Deyverson nas vagas de Alan Empereur, Rafael Papagaio, Jhow e Erick Pluas.

São Paulo x Palmeiras na Libertadores

Os dois confrontos entre os clubes nas quartas de final da competição sul-americana também já tem datas, locais e horários definidos.

O primeiro jogo será no dia 10 de agosto, no Morumbi, às 21h30 (horário de Brasília), enquanto a partida de volta está marcada para o Allianz Parque, uma semana depois, no dia 17, também às 21h30.

LEIA MAIS: