Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Contrariando recomendações médicas e sanitárias, Bradleu Beal afirma que não tomou vacina contra coronavírus: “Tenho razões pessoais”

Ao ser perguntado sobre a vacinação contra COVID-19, Bradley Beal apelou para perguntas e contrariou recomendações médicas e sanitárias

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Divulgação

A pandemia do coronavírus mostrou ao mundo a força do movimento antivacina. Diversas pessoas ao redor do mundo se recusaram a tomar o antígeno contra o COVID-19, contrariando todas as recomendações médicas e sanitárias. No mundo esportivo não é diferente. Um dos atletas que colocou em xeque a eficácia das vacinas foi Bradley Beal. O ala-armador e ala do Washington Wizards, da National Basketball Association (NBA), falou sobre a questão em entrevista coletiva.

Ao ser perguntado sobre a imunização, Bradley Beal se esquivou. “Acho que você não pode pressionar ninguém a tomar uma decisão sobre seu corpo ou sobre o que ele coloca no corpo. Você meio que deixa as pessoas tomarem suas próprias decisões. Eu converso com minha família. Tomamos uma decisão em grupo do que achamos que é melhor para nós, assim como o resto do mundo”, comentou.

Questões

Para defender o ponto de vista que tem, Bradley Beal apelou para perguntas. “Tenho razões pessoais. Eu gostaria de uma explicação para isso. As pessoas com as vacinas. Por que elas ainda estão sendo contaminadas pela COVID-19? Isso não elimina ninguém de ter a COVID-19, certo?”, pontuou.

Aqui, cabe destacar: a vacina impede casos graves de doenças, não impedindo o contágio.

Em outro momento, Bradley Beal questionou efeitos colaterais do antígeno. “Algumas pessoas têm reações ruins à vacina, ninguém quer falar sobre isso. O que acontece se um de nossos jogadores receber a vacina e não puder jogar depois disso? Ou eles tiverem complicações depois disso? Porque há casos como esse”, finalizou.

Também é importante relembrar que quaisquer medicamentos têm reações, mais ou menos grave, de acordo com cada organismo.

LEIA MAIS
Equipe da NBA vê novo filme da saga Star Wars em shopping que era alvo de tiroteio
Terra plana: conheça as estrelas da NBA que acreditam na teoria
Craque do Golden State Warriors faz cirurgia e volta à NBA apenas em 2020, afirma empresário do jogador