Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Crespo justifica demora em alterações em empate do São Paulo no Brasileirão

Tricolor ficou no empate sem gols com o América-MG nesta quarta-feira (22) pelo Campeonato Brasileiro

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Twitter Oficial São Paulo

O São Paulo não saiu de um empate sem gols com o América-MG na noite desta quarta-feira, em partida adiada do Campeonato Brasileiro. Um jogo de pouca ação ofensiva e que viu Hernán Crespo ser contestado por algumas decisões que tomou durante a partida.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Algumas destas decisões foram os fatos de que Calleri apenas entrou nos  minutos finais de partida, além de Liziero ter sido sacado do time titular para a entrada de Igor Gomes e as ausências de Eder e Benítez, que sequer entraram em campo e pela demora nas alterações. Na coletiva, o treinador são-paulino tratou de defender sua escalação ao torcedor.

“Não concordo que demorei a mexer no time. Vocês não podem ver os treinos, não sabem das condições físicas do Calleri. Ele ainda não tem condições de jogar como titular, ele precisa de tempo e vamos ver quanto tempo para ele fazer o que sabe fazer. Mas não concordo com a palavra ‘demorar’. Coloquei o Marquinhos, que estava voltando após 50 dias”, declarou Crespo.

Ainda em defesa de suas decisões, Crespo apontou que as não-entradas de Benítez e Eder no time do São Paulo para encarar o Coelho são derivadas do fato de que ainda ambos não teriam as condições físicas apropriadas para poder jogar. Para o treinador são-paulino, o time que entrou em campo e os jogadores que entraram no decorrer da partida teriam valor suficiente para vencer.

“Não se faz apenas a escalação pelas questões físicas. Tem bola parada, situações ofensivas e defensivas. O Pablo poderia ter opções ofensivas e defensivas. E o Benítez e o Eder não ajudariam com este impacto. Acreditava que poderia ser suficiente para ganhar o jogo ter Pablo, Rigoni, (Rodrigo) Nestor e 0 Gabriel Sara. Mas, infelizmente, isso não aconteceu. E como acontece em toda coletiva, não ganhamos porque o melhor jogador estava fora do jogo”, afirmou.

 

LEIA TAMBÉM

FIFA 22 tem acesso antecipado nesta quarta (22); saiba como jogar

Brasileirão: 7 reforços que chegaram para a competição e não vingaram

Copa do Brasil: CBF define ordem dos mandos de campo das semis; confira quem decide em casa

Brasileirão: prêmio de Jogador do Mês disponibiliza alimentos para doação

Bizarro! Conor McGregor erra arremesso em partida da MLB; assista

Palmeiras de olho em joia, desfalques, DM e mais: as notícias do São Paulo

Brasileirão: São Paulo e América-MG empatam em jogo atrasado do 1º turno

Volpi e Arboleda se desentendem e torcida repercute na web; assista

 

As melhores notícias de esportes, direto para você