Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Tem espaço para o Daniel Alves? Confira quem são os laterais que ‘disputam’ posição com o jogador no Brasileirão

Livre no mercado após rescindir com o São Paulo, lateral tem concorrência diversa em possíveis destinos no Brasil; jogador tem até a próxima sexta-feira (24) para definir destino no país

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Pedro Vilela/Getty Images

A uma semana da data limite para a inscrição de novos jogadores para o Brasileirão, o grande nome do mercado da bola nacional é, sem dúvidas, o de Daniel Alves. O jogador de 38 anos, o  mais vitorioso da história do futebol mundial (42 títulos), está oficialmente livre desde a manhã desta sexta-feira (17), quando rescindiu contrato com o São Paulo, clube que defendia desde 2019.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Com a situação resolvida entre o atleta e o Tricolor, as atenções se voltam aos possíveis destinos do lateral. Segundo o jornalista André Hernán, dos canais Globo, ele teria recebido quatro propostas de clubes brasileiros e outras duas do exterior.

No Brasil, fala-se muito em Daniel Alves no trio Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG, que teriam a capacidade financeira e a possibilidade de disputa de títulos, além do Bahia, clube que o formou e de onde ele saiu para trilhar sua bem-sucedida carreira na Europa.

Assim, fazemos aqui no Torcedores um exercício analítico, listando os “concorrentes” do lateral em seus possíveis novos clubes, e quem sai na frente de quem na disputa. Confira:

Os laterais que “disputam” posição com Daniel Alves no Brasil

Flamengo: Isla e Matheuzinho

  • Isla (33 anos) : 35 jogos, 2 assistências
  • Matheuzinho (21 anos): 39 jogos, 6 assistências

Até agora, o time que parece sair na frente como destino mais provável de Daniel Alves é o Flamengo. Voando na temporada, o Rubro-negro tem “espaço” no elenco, um time encaixado e um técnico experiente em gerir “boleiros”.

Além da alta probabilidade de conquistar títulos, o “Good Crazy” pode encontrar um cenário favorável para se tornar titular. Atualmente, o Fla conta com Isla, Matheuzinho e Rodinei na lateral direita. O último, no entanto, é usado mais como uma terceira opção e, na teoria, não entra na “briga”.

Já entre o chileno e o jovem, Daniel Parece ter mais argumentos. O primeiro, que tem sido o titular, não caiu nas graças da torcida, enquanto o segundo, apesar de ter mais fôlego que ambos, ainda carece de maior rodagem para ser uma peça permanente entre os 11 do Flamengo.

Palmeiras: Marcos Rocha e Gabriel Menino

  • Marcos Rocha (32 anos): 26 jogos, 1 gol
  • Gabriel Menino (20 anos): 24 jogos, 1 gol, 1 assistência

Ainda que o passado de Daniel Alves no São Paulo torne o Palmeiras como um destino um pouco menos provável, o investimento faria sentido numa lógica de necessidade de elenco. O Verdão tem Marcos Rocha, Gabriel Menino e Mayke na posição, sendo que este terceiro tem sido pouco utilizado e não é considerado na disputa.

Os argumentos à favor de Dani Alves aqui também são bons o bastante, mas talvez não o bastante para convencer o técnico Abel Ferreira. O português tem grande confiança em Marcos Rocha, titular em todas as finais conquistadas na tríplice coroa da última temporada.

Rocha, no entanto, está longe de ser uma unanimidade com a torcida, e sofre com uma certa irregularidade nos jogos. O problema parece ser o mesmo com Gabriel Menino, que perdeu espaço entre os titulares e, na Olimpíada de Tóquio, foi reserva de Daniel Alves na equipe de André Jardine.

Atlético-MG: Mariano e Guga

  • Mariano (35 anos): 34 jogos, 1 gol, 1 assistência
  • Guga (23 anos): 25 jogos, 1 gol

O Atlético-MG foi outro destino de Dani Alves que não é necessariamente provável, mas possível pelas capacidades econômicas. Até porque o time de Cuca já conta com um titular absoluto, Mariano, e um bom reserva, Guga.

Fora que, no Galo, Daniel não teria a titularidade garantida. Ironicamente, Mariano, o mais velho dos laterais “concorrentes”, é que menos está ameaçado pelo “Good Crazy”. Em boa fase, o camisa 25 ainda mostra bom desempenho físico e é um dos responsáveis pela regularidade do Atlético, especialmente a defensiva.

Conta Guga, no entanto, a disputa é mais fácil. Além de não ser lá muito querido pela torcida mineira, o jovem lateral não consegue ter regularidade em suas atuações. Mas será que Dani Alves se transferiria para uma equipe para ser reserva?

Bahia: Nino Paraíba

  • Nino Paraíba (35 anos): 34 jogos, 1 gol, 3 assistências

Por conta da afinidade, o Bahia também está no páreo por Daniel Alves. Além de ter, há alguns anos, uma política econômica que permitira ao clube oferecer condições financeiras minimamente interessantes ao seu ex-jogador, o Tricolor baiano pode garantir a titularidade, além do status de “dono do time”.

Claro que Nino Paraíba, jogador do Bahia há quatro temporadas, ofereceria uma boa concorrência, ainda com vigor físico para cumprir um bom papel tático. Mas dificilmente o treinador Diego Dalbove o deixaria entre os titulares com Dani disponível. A não ser para escalar o “Good Crazy” como meia, outro ponto que pode agradar ao jogador.

Números de Daniel Alves em 2021

  • Partidas: 22
  • Gols: 1
  • Assistências: 4

 

LEIA TAMBÉM

Casagrande alerta Flamengo sobre possível contratação de Daniel Alves

Comentarista dispara “Hoje todos os laterais do Flamengo são melhores que o Daniel Alves, inclusive o Rodinei”

10 jogos para ficar de olho no fim de semana; saiba onde assistir

No Sassuolo, Matheus Henrique cita “causos” com Pepê e Douglas no Grêmio e mostra saudades de Renato: “Fenomenal”

Corinthians: Fagner diz que mudou cor de tênis verde para evitar polêmica

Rio de Janeiro terá liberação de 50% de público para eventos esportivos

Veja uma seleção para valorizar na 21ª rodada do Cartola no Brasileirão

FIFA 22 anuncia oficialmente os 100 melhores jogadores da temporada

As melhores notícias de esportes, direto para você