Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

F1: Ralf Schumacher afirma que Hamilton “dramatizou” lesão após inglês ir a evento de gala em Nova York

Ex-Piloto afirma que o heptacampeão de F1 exagerou na lesão do acidente com Max Verstappen

Alexander Rodrigues
Redator no @AlemanhaFC, @Torcedorescom, ADM da página @futebolcomamor e torcedor do Feyenoord.

Crédito: Divulgação/Twitter - @lewishamilton

O acidente entre Max Verstappen e Lewis Hamilton, que tirou ambos os pilotos do Grande Prêmio de Monza no último dia 12, continua dando o que falar. E agora foi a vez do ex-piloto Ralf Schumacher acusar o inglês de ter dramatizado a sua lesão, principalmente, após o piloto ter ido a um evento de gala em Nova York.

Hamilton afirmou precisar consultar um especialista para tratar a sua lesão no pescoço após o acidente onde a Red Bull de Max Verstappen literalmente acavalou na sua Mercedes, e por isso foi criticado por Ralf Schumacher.

“Eu acho que o Lewis foi muito dramático com isso (o acidente), levando em conta que no dia seguinte ele estava em um evento em Nova York.” – declarou Ralf Schumacher ao Sport1.

Depois de toda a polêmica no Grande Prêmio de Monza, a F1 volta nesse fim de semana nos dias 24, 25 e 26 de setembro no autódromo de Sóchi, na Rússia. A corrida no domingo será um pouco mais cedo do que o habitual, às 9:00 (de Brasília).

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o esporte no Brasil e em todo o mundo!

Leia também

F1: Villeneuve compara “má conduta” de Hamilton, Verstappen e Schumacher

Lenda da Fórmula 1 faz duras críticas a Verstappen: “Tem muito a aprender”

F1: Filho de Schumacher abre o jogo sobre condição do pai

F1: Mulher de Schumacher quebra o silêncio e fala sobre condição do ex-piloto

Flamengo na Libertadores, PSG e Palmeiras x Corinthians: veja os jogos de hoje (22)

Marcos fala de ida ao Corinthians e revela: “Palmeiras falou para ir embora”

Andrés Sanchez diz que dívida do Corinthians é menor do que se imagina

Atlético-MG: Hulk explica irritação após substituição contra o Palmeiras