Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Max Verstappen vence em casa na volta do GP da Holanda a Fórmula 1

Depois de 36 anos fora das temporadas da Fórmula 1, GP da Holanda retorna em grande estilo, com holandês no lugar mais alto do pódio

Rico Chermont
Gestor Esportivo | Sport Management Fala sobre #esportes, #experiencia, #sportsmanagement, #gestãoesportiva e #marketingesportivoPresidente MiniFootball Brasil Presidente Pan American Minifootball Federation CEO na Chermont BR Company CEO na ChBR Advertising CEO na ChBR Sports

Crédito: F1 Official Website

O GP da Holanda está de volta e trouxe muitas emoções para a temporada 2021 da Fórmula 1. Max Verstappen, piloto holandês da Red Bull, teve um final de semana perfeito. Depois de vencer o GP da Bélgica de forma polêmica, com apenas 4 voltas atrás do safety car e metade dos pontos garantidos, Max enlouqueceu a torcida no Circuito de Zandvoort.

No sábado, Max garantiu a pole position e a alegria dos torcedores. Com uma volta avassaladora de 1min08s885, o piloto holandês confirmou o favoritismo e largou na frente neste domingo. Apesar disso, Max teve Lewis Hamilton na sua cola, com apenas 0s038, ficando com a segunda colocação.

A CORRIDA

Coisa rara de acontecer, a largada do GP da Holanda foi limpa, sem nenhum incidente. O Circuito de Zandvoort tem como característica ser uma pista estreita e ainda assim, nenhum toque foi dado na largada. Max não deu chance para Lewis e largou com pé no fundo e manteve sua primeira colocação. Lewis também largou bem e manteve seu segundo lugar, mas não conseguiu acompanhar Max, que abriu quase 2 segundos em apenas meia volta.

Logo no início da corrida, Hamilton já percebia a dificuldade que seria superar a Red Bull e começou a reclamar dos pneus. Apostando tudo nas estratégias de paradas, a Mercedes não conseguiu superar a Red Bull na corrida. O ritmo de Verstappen estava tão grande, que na 15ª volta, ele conseguiu alcançar seu primeiro retardatário, Mick Schumacher.

ESTRATÉGIA QUE NÃO FUNCIONOU

Na 21ª volta, Hamilton parou nos boxes e trocou seus pneus para os médios. Verstappen se defendeu e fez a mesma coisa na volta 22. Tudo parecia estar dando certo para a Mercedes. Lewis cravou a melhor volta da corrida e conseguiu diminuir a diferença para Verstappen. Na volta, Bottas, que tinha assumido a ponta, poderia ser a chance de atrasar o holandês e fazer com que Lewis conseguisse encostar. Porém, os pneus de Bottas estavam muito desgastados e não foram suficiente para segurar o holandês. Max passou fácil e Bottas ficou a frente de Lewis, mas abriu para seu companheiro passar.

Contudo, Hamilton perdeu bastante tempo com os retardatários e Max aproveitou para garantir distância suficiente para a próxima parada. Para festa do “mar laranja” que lotava as arquibancadas, Max Verstappen conseguiu completar a prova e ser o primeiro a ver a bandeira quadriculada no GP da Holanda, vencendo sua 7ª corrida na temporada e assumindo a liderança da competição.

Lewis terminou na segunda colocação, mas na última volta, garantiu a melhor volta e o ponto extra. Bottas completou o pódio e ficou com a terceira colocação, assumindo também a terceira colocação na classificação geral dos pilotos.

A próxima corrida da Fórmula 1 será o GP da Itália, no Autódromo de Monza. Será a 14ª das 22 etapas da temporada 2021.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA FÓRMULA 1

01. Max Verstappen (Red Bull Racing Honda) – 224.5 pontos

02. Lewis Hamilton (Mercedes) – 221.5 pontos

03. Valtteri Bottas (Mercedes) – 123 pontos

04. Lando Norris (McLaren Mercedes) – 114 pontos

05. Sergio Perez (Red Bull Racing Honda) – 108 pontos

06. Charles Leclerc (Ferrari) – 92 pontos

07. Carlos Sainz (Ferrari) – 89.5 pontos

08. Pierre Gasly (Alphatauri Honda) – 66 pontos

09. Daniel Ricciardo (McLaren Mercedes) – 56 pontos

10. Fernando Alonso (Alpine Renault) – 46 pontos

11. Esteban Ocon (Alpine Renault) – 44 pontos

12. Sebastian Vettel (Aston Martin Mercedes) – 35 pontos

13. Yuki Tsunoda (AlphaTauri Honda) – 18 pontos

14. Lance Stroll (Aston Martin Mercedes) – 18 pontos

15. George Russel (Williams Mercedes) – 13 pontos

16. Nicholas Latifi (Williams Mercedes) – 07 pontos

17. Kimi Raikkonen (Alfa Romeo Racing Ferrari) – 02 pontos

18. Mick Schumacher (Haas Ferrari) – 00 ponto

19. Nikita Mazepin (Haas Ferrari) – 00 ponto

20. Robert Kubica (Alfa Romeo Racing Ferrari) – 00 ponto

 

LEIA MAIS:

Fórmula 1 divulga calendário do restante da temporada; GP do Brasil será em novembro

Kimi Raikkonen anuncia aposentadoria da F1

Fórmula 1: Chuva atrapalha e GP da Bélgica tem corrida de apenas 4 voltas

GP da Holanda: Organizador pede respeito de torcida a Lewis Hamilton na Fórmula 1